Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

MARCANTE

Correio Veículos testa a 8ª geração do Passat

Trata-se de um clássico luxuoso, recheado de tecnologia, conforto e o melhor: econômico

2 NOV 2018Por LEANDRO GAMEIRO08h:00

O Passat foi lançado na Alemanha em 1973, baseado no modelo Audi 80. A chegada ao Brasil ocorreu um ano depois, com visual que permaneceu praticamente inalterado por quase 20 anos. Atualmente em sua 8ª geração, o veículo é um dos que utilizam a famosa plataforma MQB (Matriz Modular Transversal), proporcionando carroceria mais baixa e com distância maior entre-eixos.

Mês de outubro foi movimentado, com vários testes, e confesso que o Passat foi o mais marcante. Ele é um clássico luxuoso, recheado de tecnologia, conforto e o melhor: econômico, por conta do seu motor 2.0 tsi, de 220 cv; e como tem os aços da carroceria mais leves, pesa cerca de 1490 quilos e tem 4,77 de comprimento, literalmente uma “barca”.

São 4 tipos de conduções: Eco, Confort, Sport e o individual, onde você pode mesclar os modos e deixar como quiser. Já que falei que ele é econômico, vale destacar que ele fez uma média de 9km/l na cidade, podendo chegar a 10km/l, segundo a montadora. Itens que chamaram a atenção foram os faróis fullled direcional com luz alta automática, para o motorista, além do banco elétrico, que tem massagem, a chave presencial também é um dos destaques. Piloto automático adaptativo, porém não tem assistente de faixa. Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais como @correioveiculos e @correioestado

 
  • (Leandro Gameiro/Correio do Estado)
  • (Leandro Gameiro/Correio do Estado)
  • (Leandro Gameiro/Correio do Estado)
  • (Leandro Gameiro/Correio do Estado)
  • (Leandro Gameiro/Correio do Estado)
  • (Leandro Gameiro/Correio do Estado)
  • (Leandro Gameiro/Correio do Estado)
  • (Leandro Gameiro/Correio do Estado)
  • (Leandro Gameiro/Correio do Estado)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também