Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MOTOMAIS

Confira as novidades de duas rodas desta semana

29 NOV 19 - 11h:00Edmundo Dantas Agência AutoMotroix

Marketing natalino

            Os patinetes elétricos estão tomando conta das ruas no Brasil. Eles permitem fugir do trânsito, economizar combustível e até estacionar com maior facilidade. De olho nessa tendência, a MXF Motors, montadora de veículos de duas rodas e de quadriciclos com sede em Curitiba (PR), pretende emplacar como opção de presente neste Natal a sua linha de patinetes elétricos MUV (Veículos de Mobilidade Urbana) 2019.

Patinete elétrico MXF MUV Military

São dois modelos: com motor de mil Watts e outro de 1.600 Watts. Segundo a fabricante, eles enfrentam qualquer tipo de terreno, vem com quatro baterias de 12V (12Ah), totalizando 48V (48Ah), que garantem um percurso médio de até vinte e cinco quilômetros com velocidade média de 50 km/h. O tempo estimado para a recarga é de até seis horas, nas voltagens 110 V e 240 V. A estrutura do MUV é maior do que a maioria dos patinetes existentes no mercado, sendo do tamanho aproximado de uma scooter. Seu banco é removível e seu guidão é dobrável, possibilitando o transporte no porta-malas do carro ou do ônibus. Além disso, tem assento regulável, e faróis e painel em leds, que marca a quantidade de carga da bateria. São três cores diferentes: verde militar, preto e vermelho. Existem ainda acessórios opcionais, como bolsas utilitárias. Os preços partem de R$ 5.305. Mais informações no site www.mxfmotors.com.br . 

 

Para vender com estilo

        A Vespa, marca pertencente ao Grupo Piaggio, que opera no Brasil desde 2016, apresenta ao mercado nacional o conceito de “concessionárias boutique”. São lojas em Shopping Centers, onde o visitante desenvolve experiências sensoriais, pode usufruir de espaços de confraternização como lounge e café e ainda recebe atendimento de pós-venda personalizado com profissionais treinados diretamente na fábrica da Piaggio, localizada em Pontedera, na Itália. “Estamos falando de uma marca italiana de luxo, despojada, moderna, tecnológica e premium. Por esses motivos, não faz sentido prepararmos uma estrutura de vendas convencional, que não tenha os mesmos atributos. Portanto, não teremos apenas concessionárias, abriremos uma rede de boutiques”, aponta Giuseppe De Paola, presidente da Asset Beclly Piaggio Brasil. Atualmente, são duas unidades em atividade: a Boutique Piaggio Vespa Vila Nova Conceição, em São Paulo (SP), e a Mondo Vespa, em Belo Horizonte (MG). Há planos de expandir a operação para os Estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro em 2020. As boutiques foram desenvolvidas com base no estilo ‘retrô-contemporâneo’. Em uma parte está a vitrine de exposição dos produtos e acessórios, junto a uma “welcome area”. O espaço também conta com um “brand experience”, no qual os produtos da Vespa ficam expostos em pódios projetados no chão. Já o café e o lounge são áreas requintadas, em que os clientes podem sentar confortavelmente para conversar e serem atendidos pelos consultores de venda.

Scooter Piaggio Vespa

 

Surpresa no Salão

        A Pro Tork, empresa paranaense reconhecida como a maior fabricante de motopeças e capacetes da América Latina, surpreendeu o mercado ao expandir ainda mais seus negócios com uma nova fábrica de pneus. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa no Salão Duas Rodas, em São Paulo (SP). O investimento na unidade que está sendo instalada na cidade de Siqueira Campos (PR) ultrapassa os R$ 100 milhões. A operação se inicia em janeiro de 2020, criando quinhentos empregos diretos em sua primeira fase. Os produtos para motos street e off-road, de baixa e média cilindradas, serão distribuídos em mais de sessenta países, ampliando consideravelmente as exportações da empresa. Na ocasião, foi apresentado o primeiro modelo da marca, o STR 7000. Ele será disponibilizado para as motocicletas Biz, nas medidas 80/100-14 e 2.50-17, e Titan, 90/90-18 e 2.75-18. Mas a expectativa é de que o catálogo cresça em breve. “Produzimos mais de 40 mil itens, temos grandes parceiros comerciais, com uma enorme rede de distribuição nos quatro cantos do Brasil e também no Exterior. A demanda é gigante, investieremos mais e mais para suprir as necessidades do mercado. Não tenho dúvidas de que em breve seremos um dos maiores fabricantes do país”, explica Marlon Bonilha, diretor-presidente do Grupo Pro Tork.

Coletiva da Pro Tork no Salão Duas Rodas 2019 

 

Investida em duas rodas

        A fabricante espanhola de automóveis Seat, controlada pelo Volkswagen Group, apresentou a primeira motocicleta da história da empresa. Foi durante a nona edição do Congresso Mundial da Smart City Expo, em Barcelona, no qual a marca da Catalunha mostrou seu conceito e-Scooter, uma motocicleta 100% elétrica, com uma potência equivalente a um modelo de 125 cc e uma velocidade máxima de 100 km/h. Para sua realização, a marca firmou parceria com a fabricante Silence, de Barcelona, especializada nesse segmento. O modelo tem um motor de 7kW de potência nominal, com picos de 11kW (14,8 cavalos). O torque máximo é de 24,5 kgfm. Em relação à aceleração, a Seat afirma que o veículo é capaz de atingir 50 km/h em apenas 3,8 segundos e uma autonomia de 115 quilômetros. O preço não foi revelado.

Seat e-Scooter
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Disposta a inovar no segmento de vans, a Toyota lança a nova Granace no Japão
TRANSPONEWS

Toyota lança a nova Granace no Japão

O Salão de Los Angeles desfila no tapete vermelho do Convention Center modelos que estarão no mercad
PANORAMA

Confira lançamentos
de Los Angeles previstos para o Brasil

A Ninja H2 SX SE+, a sport-touring mais avançada já produzida pela Kawasaki, chega ao Brasil por R$
MOTONEWS

A Ninja H2 SX SE+, a sport-touring mais avançada já produzida pela Kawasaki

Confira o lançamento da Mini o John Cooper Works GP
CARNEWS

Confira o lançamento da Mini o John Cooper Works GP

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião