Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COLUNA MOTOMAIS

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre motos

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre motos
27/09/2019 07:00 - EDMUNDO DANTAS/Agência Automotrix


Para pequenos radicais
12 de Outubro é o Dia das Crianças e a fabricante paranaense de ciclomotores MXF Motors pretende aproveitar a ocasião para embalar as vendas de sua linha infantil de veículos off-road. Para as crianças de quatro a sete anos, oferece as minimotos Ferinha 49 cc, a Pro Racing 50 cc e a 50 TS. Na faixa etária de oito a doze anos, a opção é a minimoto Pro Series 100, com motor quatro tempos e alcance de 80 km/h. Já a Pro series 125cc é destinada ao público infanto-juvenil – atinge crianças com idade a partir de doze anos e chega a 85 km/h. Na linha de quadriciclos, a marca comercializa o Thor 49 cc, motor dois tempos, ideal para crianças de quatro a oito anos e com velocidade máxima de 40 km/h e o Thor 90 cc, voltado para crianças com idade de sete a dez anos e tem motor quatro tempos. Já o Brave, quatro tempos, chega a uma velocidade de 65 km/h e suporta até 90 quilos, podendo ser usado por crianças com idade a partir de oito anos até sua fase adulta. “Com os veículos da linha infantil MXF Motors, as crianças podem se aventurar no universo off-road com segurança”, afirma João Henrique Montani, proprietário da MXF Motors.

Presença e atrações confirmadas
A Royal Enfield confirmou sua participação no Salão Duas Rodas 2019, que ocorrerá de 19 a 24 de novembro. O estande terá um espaço de 176 m² e trará, pela primeira vez, os modelos bicilíndricos Interceptor INT 650 e Continental GT 650 ao Brasil, além de outras novidades. Unidades do último lançamento da marca indiana, a Himalayan, estarão disponíveis para teste em uma pista exclusiva do evento. “Há uma expectativa muito grande dos fãs da Royal Enfield e do mercado como um todo para a chegada das Twins em solo brasileiro. O Salão Duas Rodas se apresentou como uma boa oportunidade para promover essa pré-estreia. O lançamento oficial de ambas as motocicletas será no início do ano que vem, mas os visitantes poderão já conhecer de perto as 650. Também aproveitaremos a ocasião para trazer outras novidades da marca”, avisa Claudio Giusti, diretor geral da Royal Enfield Brasil.

Nova mas distante
A Honda apresentou na Europa a nova Africa Twin 1100 2020. A big trail chega ao mercado europeu com novidades no motor, chassi e importantes evoluções eletrônicas. O motor segue com dois cilindros paralelos, mas passa de 999 cm³ para 1.084 cm³, ampliando a potência de 95 cavalos para 102 cavalos – e o torque de 9,3 kgfm para 10,7 kgfm (a 6.250 rpm). Na Europa, o modelo será oferecido com câmbio manual e opção por DCT, automático, e preços que partem de 14.900 euros. Não há previsão de chegada da Twin 1100 ao Brasil e a Honda seguirá comercializando a recém-lançada geração anterior da CRF 1000L Africa Twin, nas versões standard e Adventure Sports.

Centena de milhar
A Ducati comemorou a marca de 100 mil unidades produzidas da Multistrada desde 2003, quando o modelo foi lançado. Claudio Domenicali, CEO da Ducati, entregou a unidade especial de número 100.000 diretamente nas mãos do comprador. E, de quebra, anunciou uma novidade. “Em 2021, a família Multistrada aumentará, ganhando a presença de uma versão com um novo motor V4”, disse o executivo. A Multistrada será a terceira moto a receber a arquitetura V4, que estreou na Panigale e também equipará, em outubro, a StreetFighter.

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!