Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MOTOMAIS

Coluna com dicas e novidades
sobre motos

1 NOV 19 - 10h:30EDMUNDO DANTAS/Agência Automotrix

Ajustes pontuais
Um ano de sua mais ampla atualização técnica e estética, a Honda PCX, scooter campeã em vendas do mercado brasileiro, chega à linha 2020. A grande novidade é a introdução da PCX 150 ABS, versão de entrada que se somará à PCX 150 CBS como as mais acessíveis da família. A PCX 150 DLX ABS e a PCX 150 Sport ABS, modelos mais sofisticados, trazem novas cores e grafismos. Após seis anos do lançamento nacional da PCX e mais de 165 mil unidades produzidas até setembro de 2019, o segmento de scooters é um dos que mais crescem atualmente no Brasil. A linha Honda PCX 150 2020 chega às concessionárias em novembro. A PCX 150 CBS custa R$ 11.990 e está disponível nas cores cinza metálico e azul escuro perolizado. A PCX 150 ABS vem sempre em cinza metálico e tem preço de R$ 13.190. A PCX 150 Sport ABS sai por R$ 13.590, sempre na cor prata metálico. E a PCX 150 DLX ABS custa R$ 13.590 e é vendida somente na cor branco perolizado.

Cabeça nas cestas
Depois de fazer sucesso com a linha de capacetes de motocicletas da DC Comics, agora a Norisk mira nos apaixonados pelo basquete. A fabricante estabeleceu uma parceria com a NBA e apresenta sua nova série exclusiva de capacetes com times da maior competição da modalidade do planeta. Das trinta equipes que jogam o mais badalado campeonato de basquete do mundo, três já têm seus produtos à venda: o Los Angeles Lakers, o Chicago Bulls e o Boston Celtics. Ao todo, serão cinco opções de capacetes, mas a Norisk não adianta quais serão os próximos contemplados. O preço sugerido é de R$ 499,90 e os modelos serão uma das principais atrações do estande da marca no Salão Duas Rodas, em São Paulo, que acontecerá de 19 a 24 de novembro. A base dos capacetes da NBA é o Stunt FF391, o mesmo utilizado na linha especial baseada em superheróis. O modelo tem viseira de dois milímetros com cinco níveis de abertura e seis entradas de ar. Sua forração é removível e lavável, com tratamento antialérgico. Já o sistema de fecho é por engate micrométrico. Os capacetes recebem selo holográfico oficial da NBA, assim como todos os produtos oficiais da marca. De acordo com a Norisk, essa é a primeira vez que a liga norte-americana de basquete tem capacetes licenciados.

Postura desafiadora
A Indian deixou de ser comercializada no Brasil desde junho do ano passado, mas nos Estados Unidos a fabricante segue lançando motocicletas. A mais recente novidade da marca norte-americana é a linha 2020 da Challenger, que estará disponível em três versões: Challenger, Challenger Dark Horse e Challenger Limited. As três configurações são equipadas com o motor PowerPlus, novidade da fabricante. O propulsor desenvolve 123 cavalos de potência máxima - a fabricante não divulgou em qual faixa - e torque de 17,69 kgf.m a 3.800 giros. Na versão 2020 do modelo, chama a atenção o conjunto de luzes dianteiras em leds. A eletrônica da Challenger varia de acordo com o modelo. Na versão de entrada, os três modos de pilotagem (Standard, Sport e Rain) estão disponíveis, além do cruise control, do ABS e do sistema keyless. A Indian Challenge 2020 tem preço inicial nos Estados Unidos de US$ 21.999, o equivalente a R$ 87.941 em conversão direta. Já as versões Dark Horse e Limited saem a partir de US$ 27.499 e US$ 27.999, R$ 109.927 e R$ 111.926, respectivamente.

Novidade no comando
O executivo Renato Fabrini, de 44 anos, que atua há mais de vinte e três anos no setor automotivo, é o novo diretor geral da Triumph Motorcycles Brasil. Fabrini é formado em Economia pela PUC de Campinas, com especialização em Marketing de Varejo, pós-graduação em Gestão de Concessionários e MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV. Já trabalhou em empresas como Toyota, BMW e, mais recentemente, na Renault do Brasil, tendo atuado nas áreas de Marketing, Vendas e Desenvolvimento de Rede. “Sempre acompanhei com muito interesse a rica história da Triumph, na qual se destacam ícones como a família Bonneville, lançada em 1959, uma referência mundial no segmento das clássicas”, disse Fabrini.  No mercado brasileiro, só neste ano, já foram lançados pela Triumph sete novidades no segmento de clássicas: a Bobber Limited, a Bobber Black, a nova Scrambler 900, a Speed Twin, a nova Street Twin, a Bonneville T120 Ace e a Scrambler 1200.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mini no máximo
CORREIO VEÍCULOS

Mini no máximo

Volkswagen T-Cross
CORREIO VEÍCULOS

Volkswagen T-Cross

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre motos
MOTOMAIS

Coluna semanal com dicas e novidades sobre motos

Coluna semanal com dicas <br>e novidades sobre automóveis
CARMAIS

Coluna semanal com dicas e novidades sobre automóveis

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião