Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORREIO VEÍCULOS

CarMais

Coluna semanal sobre automóveis

28 MAI 19 - 15h:40DANIEL DIAS/Agência AutoMotrix

Leão completo
A Peugeot traz ao Brasil a versão Allure do SUV 3008, com duas configurações, com ou sem teto solar panorâmico. O preço de lançamento é de R$ 139.990 e de R$ 144.990, respectivamente. A versão chega com novidades: o para-choque frontal foi remodelado e tem uma releitura dos “dentes do leão” no conjunto óptico. Os faróis contam agora com máscara negra para realçar as lâmpadas halógenas. O 3008 é equipado com o motor 1.6 THP (turbo) de 165 cavalos de potência e torque de 25 kgfm disponível a partir de 2 mil rotações por minuto, em conjunto com o câmbio automático de 6 velocidades com possibilidade de trocas sequenciais em “paddles shifts” localizados atrás do volante, de dimensões reduzidas, como no 208. A Allure inclui ainda, como itens de série, rodas de liga leve de 19 polegadas, alarme, airbags frontais, laterais e de cortina, controles de tração, de estabilidade e Hill-Assist, central multimídia de 8”, com Android Auto e CarPlay, ar-condicionado automático bizone com saída para o banco traseiro, bancos em couro, visiopark 180 graus, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, trava elétrica de segurança para crianças, lanternas em leds, barras de teto em alumínio, compartimento refrigerado no console central, Ambient Light (na versão com teto panorâmico), painel soft touch, acendimento automático das luzes de emergência após frenagem brusca, Isofix com sistema Top Theter, protetor de cárter, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, piloto automático, seletor de marcha com acionamento elétrico, freio de estacionamento e cluster digital de 12,3” customizável.

Conversível com teto rígido
O BMW Série 4 Cabrio Sport já está disponível no Brasil. Produzido na fábrica do BMW Group em Regensburg, na Alemanha, o conversível de teto rígido tem preço de R$ 311.950 e traz equipamentos até então inéditos no modelo, como o Head Up Display, o Display Multifuncional Digital, faróis full-led com novo design, grade com moldura preta, volante M Sport e sensor de estacionamento traseiro. “O Série 4 Cabrio Sport entrega esportividade, tecnologia, exclusividade e estilo em um conversível clássico. Ele chega para aumentar o portfólio renovado e global da BMW no Brasil”, destaca Roberto Carvalho, diretor Comercial da BMW do Brasil. O 430i Cabrio Sport é impulsionado pelo motor 2.0 TwinPower Turbo de quatro cilindros, capaz de entregar 252 cavalos de potência a 5.200 rpm e torque de 35,5 kgfm de 1.450 a 4.800 rpm, associado à transmissão automática de 8 velocidades – com alavancas posicionadas atrás do volante para trocas de marcha manuais – e à tração traseira.

Com faca na bota
A Ford acaba de revelar as primeiras imagens da versão station wagon do Focus, a ST, desenvolvida pela Ford Performance e equipada com o motor 2.3 EcoBoost (turbo) de 280 cavalos e câmbio manual de 6 marchas ou transmissão automática de 7 velocidades ou o propulsor a diesel 2.0 EcoBlue de 190 cavalos e câmbio manual de 6 marchas. As tecnologias esportivas Advanced da Focus ST incluem um diferencial de deslizamento limitado eletrônico e Modos de Drive selecionáveis, que ajudam a combinar o desempenho do dia a dia e uso tipo competição. A station wagon está disponível inicialmente apenas na Europa com preços de 33.095 euros (cerca de R$ 150 mil) na versão a gasolina e de 30.595 euros (em torno de R$ 135 mil) na movida a diesel.

Sexy aos 60
Há exatos sessenta anos, a Mini revolucionou a mobilidade urbana ao oferecer um veículo compacto por fora e grande por dentro, com soluções inteligentes na cabine, baixo consumo de combustível, visual diferenciado e dirigibilidade esportiva. Desde então, os modelos da fabricante britânica evoluíram em termos de segurança e tecnologia, sem perder uma característica marcante desde o início das vendas, em 1959: o design único, original e carismático. Nos anos 90, a BMW assumiu a Mini e chegou a comercializar o modelo clássico do “carrinho”. A partir de 2001, a pedido da marca alemã, a Mini lançou o desenho atual, com estilo ao mesmo tempo moderno e retrô, com toda a tecnologia da BMW embarcada. Nascido de um esboço feito em um guardanapo de papel, o Mini clássico logo demostrou a dirigibilidade de um kart, mais tarde conhecida como “go-kart-feeling”, e venceu várias competições nos anos 60 graças a John Cooper, mecânico de carros de corrida cujo sobrenome viria a batizar tanto os motores da fabricante quanto as suas versões mais potentes e com visual mais apimentado.

De olho no campo
O agronegócio passa por uma verdadeira revolução em termo de produtividade, potencializada pelo uso de novas tecnologias no campo, como a robótica e a inteligência artificial. De olho na chamada Agricultura 4.0, a Chevrolet vem balizando as evoluções da picape S10, reforçando a lista de itens de conectividade e de segurança na linha 2020. “O empresário do campo está buscando uma picape que, além de força, capacidade de carga e robustez, ofereça o mesmo nível de sofisticação e inovação que se encontra em novos produtos ou serviços do agrobusiness”, observa Rogério Sasaki, gerente de Marketing de Produto da General Motors Mercosul. A edição mais recente da Agrishow, no final de abril e início de maio, terminou como uma das três maiores feiras do mundo relacionadas ao agronegócio, mostrando a sintonia do consumidor em busca de inovação. Um dos diferenciais competitivos da S10 está nas tecnologias de conectividade, com a oferta do multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay e o sistema de telemática avançado OnStar, que permite ao usuário comandar diversas funções do veículo pelo seu smartphone. A picape média da Chevrolet é a única em seu segmento a contar com o sistema CPA, uma espécie de filtro de vibrações e ruídos característicos dos motores a diesel, possibilitando o acoplamento antecipado da transmissão automática e melhorando a eficiência energética em até 13% em relação à versão sem a tecnologia.

Sem as mãos
A Nissan revelou uma tecnologia de assistência ao motorista que associa a condução em via expressa por meio do sistema de navegação às capacidades de direção sem as mãos em uma única faixa de rodagem. Ampliando o sistema ProPilot da marca oriental, a novidade será utilizada pela primeira vez em escala mundial, estreando no sedã Skyline a partir do terceiro trimestre deste ano no mercado japonês. Projetado para subir e descer rampas de acesso na condução em via expressa, o novo dispositivo trabalha em conjunto com o sistema de navegação para ajudar a conduzir o veículo de acordo com uma rota pré-definida nas faixas de rodagem designadas. Para ativar as funções mais recentes do sistema, o motorista deve programar antecipadamente o destino na navegação. Assim que o veículo entrar na via expressa, o novo dispositivo fica disponível.

Produção a mil
Em apenas quatro anos de operação, o Polo Automotivo Jeep, localizado em Goiana (PE), já produziu seiscentos mil veículos. O ritmo de produção é intenso e chegou à marca de mil veículos por dia. São 14 meses de operação em três turnos para suprir a demanda do Renegade, do Compass e da Fiat Toro para os mercados brasileiro e sul-americanos. O complexo tem 13.600 empregados na unidade da Jeep e nas 16 empresas que integram o Parque de Fornecedores, localizado dentro do perímetro fabril. “O Polo Automotivo Jeep é a mais moderna fábrica da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) no mundo e um verdadeiro modelo global em termos de produtividade, inovação e padrões de qualidade”, disse Antonio Filosa, presidente da FCA para a América Latina, que participou do evento de comemoração pelos quatro anos do Polo oferecido pelo Governo do Estado de Pernambuco no dia 16 de maio, no Palácio Campo das Princesas.

Salto para o futuro
Mark Reuss, presidente mundial da General Motors, anunciou nesta terça-feira, dia 21 de maio, nos Estados Unidos, o lançamento de uma nova arquitetura veicular para viabilizar a chegada de uma geração de carros elétricos e de sistemas mais avançados de condução autônoma, de conectividade e de segurança ativa – pilares fundamentais para a visão de futuro da companhia, de zero acidente, zero emissão e zero congestionamento. Com o salto evolutivo previsto para os automóveis nos próximos cinco a 10 anos, crescerá o fluxo de dados necessários para que todos esses novos equipamentos funcionem integrados entre si e se conectem com os sistemas externos de trânsito. A nova arquitetura eletrônica veicular da GM estreia no Cadillac CT5, que chega no fim deste ano, e deve equipar globalmente a maior parte dos modelos da fabricante até 2023. A tecnologia é composta por um sistema eletrônico inteligente capaz de processar 4,5 terabytes de dados por hora – cinco vezes mais em comparação à arquitetura vigente. Outra inovação é a capacidade de atualização remota de sistemas e suas funcionalidades por toda a vida útil do veículo, similar ao que já acontece com os smartphones. “A eletrônica tem cada vez mais relevância em nossos veículos. Nosso novo conceito de arquitetura digital dará suporte às inovações futuras em uma ampla gama de avanços, incluindo a democratização dos veículos elétricos e autônomos”, comunicou Reuss.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Citroën Jumper
CORREIO VEÍCULOS

Citroën Jumper

Volkswagen Jetta GLI
CORREIO VEÍCULOS

Volkswagen Jetta GLI

Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex 4X4 automática
CORREIO VEÍCULOS

Chevrolet S10 LTZ 2.5 flex 4X4 automática

Yamaha lança Fazer 250 ABS 2020
CORREIO VEÍCULOS

Yamaha lança Fazer 250 ABS 2020

Mais Lidas