CORREIO VEÍCULOS

Avatar sobre rodas: Mercedes-Benz Vision AVTR

Inspirada no filme de James Cameron, a Mercedes-Benz apresenta na CES 2020, um conceito para o futuro
18/01/2020 12:00 - DANIEL DIAS/AutoMotrix


Dez anos depois do lançamento do filme “Avatar”, do diretor e produtor James Cameron, a Mercedes-Benz aproveita a Consumer Eletronic Show (CES), em Las Vegas, para revelar o seu mais novo carro-conceito, inspirado justamente no filme mais tecnológico já produzido em Hollywood. O próprio Cameron esteve no principal palco da CES 2020, ao lado de Ola Källenius, presidente do Conselho de Administração da Daimler AG, para mostrar o Mercedes Vision AVTR, que remolda o conceito de luxo moderno da marca alemã. O nome do inovador conceito estreita os laços de colaboração no desenvolvimento do carro com a equipe de “Avatar” e reforça a Advanved Vehicle Transformation (Transformação Avançada de Veículos), presente nas iniciais em inglês, e a proximidade com o título do filme. A inspiração na saga de Cameron é resultado de uma parceria global inédita entre uma das empresas mais inovadoras da indústria do entretenimento e a oitava marca mais valiosa do mundo, a Mercedes-Benz.

Mercedes-Benz Vision AVTR (Foto: Divulgação)

A proposta do Vision AVTR é criar uma interação perfeita entre homem, máquina e o culto com a natureza, que é praticamente uma personagem em “Avatar”. Para tal, os designers de UX (User Experience) da Mercedes-Benz azeitaram a relação entre homem e máquina e vice-versa. O foco está em oferecer operações mais simples e intuitivas aos usuários, como exibir as informações corretas no momento certo e apenas quando isso for realmente necessário. Equipado, evidentemente, com um motor elétrico, com portas transparentes e sem volante, o Vision AVTR ostenta o tradicional tom azulado presente em todos os filmes de Cameron e “usado e abusado” em “Avatar”. O conceito utiliza sensores biométricos e controle de gestos para que o motorista possa acessar ao menu central para comandar o veículo, que anda para frente e para trás e rola nas quatro “rodas” para os lados. Com interior inteligente, o painel principal conta com um display que permite interagir com as funções do carro. Sem nenhum botão, os comandos surgem na palma da mão do motorista como se fossem as figurinhas espirituais luminosas que flutuam no ar em “Avatar”.

Mercedes-Benz Vision AVTR (Foto: Divulgação)

O Mercedes-Benz Vision AVTR já responde à abordagem dos passageiros visualizando o fluxo de energia e informação do ambiente com neurônios digitais que fluem a partir das rodas para a área traseira. A primeira interação entre o homem e o veículo ocorre de maneira totalmente intuitiva por meio da unidade de controle: ao colocar a mão no console central, o interior ganha vida e o carro reconhece o motorista pela respiração. Isso fica visível no painel de instrumentos e na mão do usuário. Assim, o AVTR estabelece uma conexão biométrica com o condutor e aumenta sua conscientização sobre o ambiente, exatamente como conta a história fictícia escrita por Cameron.

Escreva a legenda aqui

A conexão visual entre passageiros e o mundo exterior é criada por um módulo de exibição curvo, substituindo o painel convencional. O mundo ao redor do veículo e a área circundante são mostrados em gráficos 3D e revelam o que está acontecendo na estrada perto do carro. Combinadas com linhas de energia, essas imagens detalhadas em tempo real dão vida ao interior e permitem que os passageiros descubram e interajam com o mundo de fora de maneira natural. O Vision AVTR detecta automaticamente quando uma família está a bordo e se adapta de acordo com suas funções. Por exemplo, os bancos dianteiros são ligados ao traseiro pela função Child Connect. As telas podem ser usadas para monitorar o bem-estar das crianças na parte traseira.

Com o AVTR, a Mercedes mostra como um veículo pode se misturar harmoniosamente com o ambiente e se comunicar com ele. No ecossistema do futuro, o luxo definitivo será a fusão do homem e da natureza com a ajuda da tecnologia, mais uma vez, totalmente de acordo com o roteiro do diretor de cinema canadense. As conchas das portas transparentes dão a impressão de leveza e eficiência da carroceria do veículo com aparência biônica. Ao mesmo tempo, abrem a visão do interior e, assim, sublinham a abordagem holística do design: a fusão do exterior, do interior e da UX. Todas as superfícies transparentes são enquadradas com a mais alta precisão por uma serigrafia decorativa. A abertura e o fechamento das portas são inspirados nas asas de um “banshee”, os “dragões” usados pelos Navis (o povo azul de Pandora) de “Avatar” para voarem.

Mercedes-Benz Vision AVTR (Foto: Divulgação)

Os designers da marca alemã buscaram nos “woodprites”, as sementes da “Árvore das Almas” de “Avatar”, como inspiração para o design das rodas. Os degraus e os braços iluminados do aro se fundem em uma escultura de roda que parece ter crescido organicamente. Devido a sua forma quase esférica, as rodas permitem ao Vision AVTR experimentar novos movimentos de direção, bem como um pequeno círculo de giro e reduzir a superfície de contato dos pneus com o chão. Todas as rodas podem mudar de direção. Em combinação com a disposição dos eixos do carro, é possível movê-lo também na diagonal. Como resultado, o modelo alcança uma agilidade extremamente alta, e o chamado “movimento de caranguejo” confere ao veículo-conceito uma aparência de animal, mesmo em movimentação.

“Para mim, a inspiração no filme traz uma perspectiva muito ampla para um futuro sustentável. O mundo de ‘Avatar’ é um cosmos cheio de novas formas e cores, e essas inspirações são indiscutivelmente inspiradoras para os designers. Basta pensar em todos os ambientes extraordinários, formas de vida e na cultura dos habitantes indígenas Navis. O mundo de Pandora está intimamente relacionado à nossa filosofia de design de ‘sensual purity’. ‘Avatar’ também é um filme em que a mobilidade e as dimensões desempenham um papel central e a conexão dos seres humanos com a natureza foi, obviamente, uma grande inspiração para nós”, diz Gorden Wagener, diretor de design do Grupo Daimler, que controla a marca Mercedes-Benz. Por ser tão futurista, o Vision AVTR está muito distante de se tornar um carro de produção. Quase tão distante quanto a Terra está de Pandora, a fictícia civilização azul do filme de Cameron, localizada em uma lua de Alpha Centauri.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".