RELANÇAMENTO

Super Nintendo, clássico dos anos 1990,<br> voltará a ser vendido no Brasil

Super Nintendo, clássico dos anos 1990,<br> voltará a ser vendido no Brasil
31/08/2017 21:00 - FOLHAPRESS


 

Quem não se lembra do Super Nintendo, o videogame clássico da década de 1990? A boa notícia para os amantes de jogos retrô e fãs nostálgicos é que a marca lançou uma versão do console em 2017 e o Novo Super Nintendo será vendido oficialmente no Brasil. A notícia foi divulgada em um anúncio da revista "Game Informer".

Mas, até o momento, a empresa responsável pelas importações não tem preço ou data de lançamento definidos aqui no Brasil. Nos EUA a nova edição do console custará US$ 80 (em torno de R$ 250).

O Novo Super Nintendo é o segundo "relançamento" da marca nos últimos anos. Aproveitando a moda "vintage", a marca também reproduziu o modelo NES, conhecido como "Nintendinho", em 2016.

A versão moderna do clássico portátil vinha com 30 jogos e parou de ser fabricada em pouco tempo.

A pré-venda do Novo Super Nintendo nos EUA está sendo tumultuada. A empresa foi alvo de reclamações por oferecer poucas unidades e não ter um site que suportasse tantos acessos e compras.

O cartucho que acompanha o console terá 21 jogos, incluindo os clássicos "Super Mario Kart", "Street Fighter " e "Donkey Kong Country". Mas os fãs também sentiram falta de alguns jogos que estavam no volume original e não estão na versão moderna, como "Velozes e Furiosos" e "Mortal Kombat".

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".