Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ACELERADOR DE NOTÍCIAS LOCAIS

Correio do Estado é selecionado para participar de projeto do Facebook

Programa tem objetivo de apoiar veículos de notícias locais e tornar modelos de negócios sustentáveis

24 JUL 19 - 16h:02DA REDAÇÃO

Dez veículos de imprensa brasileiros, entre eles o Jornal Correio do Estado, foram selecionados para participar do Acelerador de Notícias Locais, do Projeto Facebook para Jornalismo. Durante o período de 12 semanas, representantes dos veículos passarão por treinamento com especialistas de grupos de notícias internacionais.

O programa foi desenvolvido pelo o ex-executivo do The New York Times, Tim Griggs, diretor do Acelerador, e tem objetivo de apoiar veículos de notícias locais para tornar seus modelos de negócio mais sustentáveis, ajudando a encontrar e fidelizar audiência.

Foram selecionados veículos de diferentes Estados e representando todas as regiões do Brasil. Além do Correio do Estado, o único selecionado no Estado, também foram escolhidos a Gazeta do Povo (PR), O Povo (CE), Estado de Minas (MG), Correio (BA), A Gazeta (ES), NSC Total (SC), Jornal do Commercio (PE), A Crítica (AM) e O Popular (GO).

REGIONALIZAÇÃO DE NOTÍCIAS

Treinamento começa no dia 29 de julho e os representantes dos veiculos escolhidos terão encontros presenciais mensalmente, participaram de webinars com os especialistas, além de trabalhar com mentores em video conferencia semanal, também receberam apoio financeiro para desenvolver seus próprios projetos, tudo sob orientação da equipe do Facebook. Um dos objetivos do Programa é chegar em todas as cidades levando noticias com credibilidade e aproximando a impressa com os municipes.

Dados do Atlas da Notícias, que mapeou locais no País sem cobertura significativa no ano passado, apontam que 51% dos municípios brasileiros não possuem cobertura de imprensa, em um total de 30 milhões de pessoas sem acesso a notícias locais.

Além disso, 30% dos municípios brasileiros foram classificados como quase deserto, onde há apenas um ou dois veículos jornalísticos, impactando 34 milhões de pessoas.

"Nosso objetivo é dar ainda mais suporte ao importante trabalho feito pelos veículos de notícias locais. Acreditamos que esse tipo de notícia tem um papel importante para criar comunidades e queremos que seja um ecossistema forte com histórias relevantes, seja no Facebook ou fora da plataforma", afirma a gerente de parcerias estratégicas do Facebook no Brasil Sabrina Cimenti.

O Acelerador de Notícias Locais faz parte do investimento global de US$300 milhões do Facebook em três anos para dar suporte à indústria de notícias, parceiros e produção de conteúdo. O projeto teve um piloto nos Estados Unidos no ano passado e, neste ano,  já foi realizado na Alemanha e no Canadá, sendo agora a vez do Brasil.

O programa é desenvolvido em parceira com o Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ, na sigla em Inglês), uma organização sem fins lucrativos para promover o jornalismo de qualidade em todo o mundo. O ICF J vai oferecer os mentores especialistas e outros apoios para os participantes.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Assinantes de TV paga receberão alertas de desastres naturais em MS
A PARTIR DE SEGUNDA

Assinantes de TV paga receberão alertas de desastres naturais em MS

NACIONAL

Semana de Ciência e Tecnologia termina hoje

TELEFONIA

TIM recorre no Cade contra aprovação da compra da Nextel pela Claro

Netflix tem planos para acabar com compartilhamento de senhas entre usuários
COMPORTAMENTO COMUM

Netflix quer acabar com compartilhamento de senhas entre usuários

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião