Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CLÁUDIO HUMBERTO

Ninguém pensa nisso

2 NOV 19 - 05h:00Coluna Cláudio Humberto, Por Ana Paula Leitão e Teresa Barros

“Ninguém pensa nisso”
Ministro Augusto Heleno sobre a declaração de Eduardo Bolsonaro acerca do AI-5

Satélites dos EUA e até a CIA ajudaram o Brasil
Satélites norte-americanos sobre o Atlântico ajudaram autoridades brasileiras a identificar o navio petroleiro grego que inundou o mar de petróleo, poluindo a costa brasileira. A CIA, agência central de inteligência dos Estados Unidos, que monitora o bloqueio econômico à ditadura da Venezuela, também foi acionada pelo presidente Donald Trump, em atenção ao amigo Jair Bolsonaro, para ajudar na busca.

Satélites militares
São de natureza estratégica (militar) e meteorológicos os satélites que auxiliaram o Brasil a identificar o petroleiro grego Boubloulina.

Ainda não acabou
Para fornecer rotas de petroleiros satélites americanos continuam a “refinar” imagens captadas entre de julho e setembro.

Começou pelo ar
A agência de segurança de aviação dos EUA foi muito demandada na época do desastre do Airbus da Air France, que desapareceu no mar.

Leitura ótica
O desastre do Airbus levou os EUA a refinarem dispositivos de leitura ótica dos satélites, melhorando muito a qualidade das imagens.

Tribunal Marítimo pode arrestar navio poluidor
De acordo com as leis brasileiras e internacionais, basta o Tribunal Marítimo, com sede no Rio de Janeiro, decretar o arresto do navio Bouboulina, da empresa grega Delta Tankers, que segundo a Polícia Federal é responsável pelo derramamento do óleo que se espalhou pelo litoral brasileiro, que a decisão será cumprida em qualquer porto ou país em que atracar. O navio está novamente perto da África do Sul.

Xerife dos mares
Cabe ao Tribunal Marítimo do Brasil julgar os acidentes e fatos da navegação e pode também aplicar penas como multas e arresto.

Chefe da Marinha
O presidente do Tribunal Marítimo é o Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, da Marinha brasileira.

Lei internacional
Cada país tem o próprio tribunal marítimo, mas todos estão subscritos à Organização Internacional Marítima, órgão das Nações Unidas.

Bola nas costas
O ministro Luiz Eduardo Ramos (Governo) anda reclamando de “bola nas costas” de outros ministros. Pior: não é de hoje. É sempre o último a saber, por parlamentares não atendidos, que os ministros ignoram as demandas que ele encaminha como articulador político do Planalto.

Boas-vindas ao Brics
O deputado Fausto Pinato (PP-SP), que preside a Frente Parlamentar do BRICS, comandará dia 12, no Clube do Exército, em Brasília, jantar de confraternização e boas-vindas à XI Cúpula desse grupo de países.

Vida Nova
No Paraná, o governador Ratinho Junior optou pelo desfavelamento, que começará pela construção de 8 mil moradias para os que vivem em locais degradados. Também vai lançar condomínios habitacionais para idosos pobres, associados a suporte de saúde e opções de lazer.

Retrospectiva do atraso
A falta de notícias contra o governo levou o noticiário de sexta (1º) a repetir o “escândalo” do AI-5 de quinta-feira. Houve quem pensasse em déjà vu, mas foi a inauguração da “retrospectiva da véspera”.

Vale para todos
A ameaça do presidente Jair Bolsonaro de não renovar a concessão foi dirigida a todas as redes de televisão. “Se não tiver limpo (o processo), legal, não tem renovação da concessão de TV nenhuma”, disse.

Natal solidário
O Papai Noel dos Correios 2019, a boa iniciativa que começou com os carteiros e não no alto escalão da empresa, começa segunda. Para adotar cartinha e fazer uma criança feliz, basta entrar no site da estatal.

Primeira emissora de rádio
Neste sábado (2) completa 99 anos a transmissão da primeira rádio comercial da história, a KDKA (EUA). A data foi escolhida por coincidir com a eleição norte-americana e demonstrar o impacto do rádio.

Rara união
A PEC paralela da Previdência, que inclui estados e municípios na reforma do governo Bolsonaro, uniu oposição e governo. Até o senador Weverton (PDT-MA) já avisou que a oposição é favorável à proposta.

Pensando bem...
...enquanto era acusado de inércia, o governo trabalhava e encontrou o responsável pela tragédia no litoral brasileiro.

PODER SEM PUDOR

Eu bebo, sim
Flores da Cunha foi um dos maiores líderes políticos do Rio Grande do Sul, mesmo com a reputação de emérito boêmio, chegado ao carteado, às bebidas e às mulheres, como acusou um adversário, num comício: “Não bebo, não jogo e nem ando com mulheres de vida duvidosa!” O líder gaúcho ganhou a eleição admitindo, sem medo de ser feliz: “Pois eu bebo, fumo, jogo, ando com mulheres... E tenho votos.”

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CLÁUDIO HUMBERTO

Nós estamos no mesmo patamar de Nova York, de Paris e Madri

CLÁUDIO HUMBERTO

Brasil faz comércio com o mundo tudo

CLÁUDIO HUMBERTO

Seguirei pessoalmente empenhado em reerguer nossa economia

CLÁUDIO HUMBERTO

Estamos conversando com a China

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião