Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

CLÁUDIO HUMBERTO

“Minorias empoderadas pela esquerda propagam o ódio, ressentimento e a divisão racial”

11 DEZ 19 - 05h:00Coluna Cláudio Humberto, Por Ana Paula Leitão e Teresa Barros

“Minorias empoderadas pela esquerda propagam o ódio, ressentimento e a divisão racial”
Presidente da Fundação Palmares, Sérgio de Camargo, e o Dia da Consciência Negra

Jatos da FAB fizeram 1.470 voos de autoridades
Os jatinhos da Força Aérea Brasileira (FAB) foram bastante acionados durante este ano: já fizeram 1.470 voos transportando autoridades e mais de 15 mil “caroneiros”, entre janeiro e o último dia 5 de dezembro. Apesar de apenas 30 pessoas serem autorizadas a usar aeronaves da FAB, a média de voos é de mais de quatro por dia e a omissão da legislação sobre acompanhantes liberou a festa para os “caroneiros”.

Fora da conta
O levantamento sobre a “Mordomia Airlines”, a serviço dos políticos e autoridades, não inclui voos de Bolsonaro, cujos dados são secretos.

Nem todos
Um dos 30 agraciados, o vice-presidente Hamilton Mourão ainda não fez nenhuma solicitação ao Grupo de Transporte Especial da FAB.

Agenda de candidato
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, é quem mais usa jatos da FAB por nossa conta: 229 viagens “a serviço” com direito a 2,1 mil caronas.

Corpo fora
A FAB explica que os voos podem ser a serviço, por motivos médicos ou de segurança, mas detalhes são “responsabilidade dos solicitantes”.

Poder excessivo de Alcolumbre e Maia sob ataque
A senador Selma Arruda (Pode-MT), a valente juíza Selma, acha que é hora de alterar o regimento do Senado e da Câmara. Para ela, há poder excessivo nas mãos dos presidentes do Senado e da Câmara: “Não pode ficar ao arbítrio de duas pessoas tudo o que acontece no País”, disse, indignada com as manobras de Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia para dificultar a regra de prisão após condenação em 2ª instância.

Marionetes não são
A dupla que comanda o Congresso, segundo a senadora age como se não houvessem parlamentares com vontade própria, e sim marionetes.

Promessa vã
A presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MT), cobrou promessa de Alcolumbre de fazer votar qualquer matéria com parecer da comissão.

Seguindo o líder
Os senadores também se sentem incomodados com a crescente influência do deputado Rodrigo Maia nas decisões de Davi Alcolumbre.

Mande quem pode
Alcolumbre reiterou que não vai levar ao plenário o projeto de prisão em 2ª instância. Ele mesmo mostrou quem ordena: “O presidente da Câmara estabeleceu calendário de votação da emenda constitucional”.

Triste piada
É um deboche a viagem dos flamenguistas do TCU autorizada três dias após a vitória do Flamengo na Libertadores. Logo o órgão que fiscaliza gastos públicos, e a pretexto de um evento contra... corrupção.

TCU virou piada
A viagem à região onde o Flamengo vai jogar renderá a Benjamin Zymler e Augusto Sherman, os flamenguistas do TCU, incluído um auditor que os acompanha, R$80 mil no bolso somente em diárias.

Pirralha aborrecente
A adolescente sueca adorou ser chamada de “pirralha” pelo presidente Jair Bolsonaro, até publicou tweet. Ela nem sabe que não basta ser pequena para virar pirralha. Precisa ser insuportavelmente chata.

Tropa de choque
Trabalham sempre juntos o autor e relator da PEC que pretendia ressuscitar o indecoroso imposto sindical: Marcelo Ramos (PL-AM) e Fábio Trad (PSD-MS) são presidente e relator da comissão da PEC da prisão após 2ª instância, na Câmara. Sob a promessa de pés no freio.

Uns prendem, outros soltam
Uma mulher tentou esfaquear ontem uma juíza dentro do Fórum da Barra Funda, em São Paulo. Ela havia sido presa em 2018 por roubo, mas ganhou este ano o direito de cumprir sua pena em liberdade.

Lançamento
Será lançado nesta quarta (11) às 18h, no Chicago, na 111 Norte, em Brasília, o “Mais Perfeito Que o Paraíso e Outros Desatinos de Pelotas” livro organizado por Ayrton Centeno com textos de pelotenses ilustres.

Mil no programa
Cerca de mil militares da reserva das Forças Armadas, policiais e bombeiros da ativa vão atuar na gestão educacional das instituições de ensino no Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares do MEC. Cada uma das 54 escolas vai receber R$ 1 milhão do programa.

Pergunta no Congresso
Uma cratera se abrir no centro de Brasília é mau agouro?

PODER SEM PUDOR

Marcação cerrada
Quando o presidente Jânio Quadros renunciou, o vice João Goulart visitava a China e os militares diziam não aceitar sua posse. Até democratas sinceros pediam a desistência de Jango. Já em Paris, na viagem de volta, ele recebeu um telefonema preocupado de Juscelino Kubitschek, advertindo que o País estava “à beira de uma guerra civil”. O senador Barros Carvalho, que acompanhava João Goulart, tomou o telefone e calou JK: “Não haverá renúncia. Eu não vou deixar. Agarro as mãos do presidente e não largo, mas ele não assina a renúncia!”

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CLÁUDIO HUMBERTO

"Imposto para cerveja, não”

CLÁUDIO HUMBERTO

“Lógico que o Moro vai ser contra”

CLÁUDIO HUMBERTO

“Não acho que isso é importante agora”

CLÁUDIO HUMBERTO

"Vou dar o meu melhor pela causa da nossa cultura"

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião