Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CLÁUDIO HUMBERTO

Matou pelas costas, confessou crime e só foi preso 11 anos depois

25 OUT 19 - 05h:00Coluna Cláudio Humberto, Por Ana Paula Leitão e Teresa Barros

“Matou pelas costas, confessou crime e só foi preso 11 anos depois”
Ministro Luiz Fux defende prisão na 2ª instância ao citar o caso do bandido Champinha

Além dos presos, STF torna criminalistas felizes
O fim da regra que prevê prisão após condenação em segunda instância não levará felicidade apenas aos facínoras que clamam por impunidade. Felizes também estarão seus defensores, que o ministro Luís Roberto Barroso chamou de “os mais brilhantes e caros advogados do País”. Que devem multiplicar suas fortunas com ações para abrir as portas da cadeia à fina flor da bandidagem nacional. Eles próprios estimam “bandeirada” R$3 milhões para cada caso relevante.

Nada sai barato
O padrão era este: o acordo de delação dos 77 diretores da Odebrecht rendeu a criminalistas R$2 milhões por cabeça. Total: R$144 milhões.

Bandeirada cara
Criminalistas famosos cobram até R$3 milhões só para estudar o caso e decidir se o aceitam. Se topar, R$20 milhões de honorários por réu.

Da boca para fora
Criminalistas falam mal da Lava Jato da boca para fora. Adorariam homenagear a operação pela montanha de dinheiro que ganharam.

Apenas uma pista
Ex-ministro e advogado de Lula, Márcio Thomaz Bastos, já falecido, deixou herança de R$393 milhões para sua família, segundo o Conjur.

No vale-tudo contra Araújo, até busto fora do lugar
O ministro Ernesto Araújo (Relações Exteriores) continua sem chances, dez meses depois, de cessar-fogo dos indóceis com sua nomeação. Uma fake news atribuiu a ele o sumiço do busto de San Tiago Dantas, que ocupou seu cargo há 57 anos. Araújo tem 52. Ele nem sabia que o busto havia sido retirado temporariamente de sala do Itamaraty sob obras de adaptação para o mais importante evento diplomático do ano, em Brasília, dias 13 e 14: o encontro de presidentes de países do Brics.

Aqui me tens de regresso
Após o Brics, do qual participarão o russo Vladimir Putin e o chinês Xi Jinping, o busto do chanceler de 1961 e 1962 voltará ao lugar.

Fofoca de rejeitado
A fofoca sobre a perseguição ao busto é atribuída a um burocrata que fez lobby para ser embaixador no Líbano. Barrado, ficou revoltado.

Ninguém tasca
O fogo cerrado se intensificou após a indicação do diplomata Hermano Telles Ribeiro, este sim, qualificado, para a embaixada no Líbano.

Plenário de autistas
As “onze monocracias do arquipélago STF”, como os definiu seu ex-presidente Francisco Rezek, não dão a menor pelota para o que os outros falam nas sessões. É incrível que ministros tenham repetido sem pudor, ontem, falácias demolidas por Luís Roberto Barroso na véspera.

Bola nas costas
Presidente por um dia, Davi Alcolumbre aproveitou para jogar bola nas costas de Bolsonaro: ao lado de políticos hostis ao presidente, liberou dinheiro para estados omissos em relação ao petróleo das suas praias.

Nada que preste
Os Correios anunciaram a extinção da Correios Participações porque “nunca concluiu sua finalidade” de criar parcerias estratégicas. Desde 2014 serviu para acomodar aspones. Deu prejuízo de R$21,7 milhões.

País não periga dar certo
Apesar de o ex-governador Sérgio Cabral já ter sido condenado por crimes que somam 239 anos de cadeia, a decisão do Supremo Tribunal Federal abre caminho para ele vir a ser mais um criminoso à solta.

‘Greenpixe’ sob suspeita
O ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) está entre os que acham suspeita a presença de um navio do Greenpeace na região do despejo de óleo que sujou nossas praias. Salles chama a ONG de “Greenpixe”.

Marina: procura-se
Tanto quanto as ONGs que ganharam muito dinheiro na sua época, Marina Silva mantém vexatório silêncio sobre o petróleo venezuelano no litoral do Nordeste. Em 2022 ela reaparecerá pedindo votos.

Boas perspectivas
Para Robson Andrade, presidente da CNI, a nova previdência assegura o bem-estar de idosos, ajusta contas públicas e estimula o crescimento, mas o principal são as “boas perspectivas para as futuras gerações”.

Desenvolvimento regional
A CNI realiza na segunda (28) seminário que vai reunir os presidentes da Associação Nordeste Forte, Amaro Sales, e a Ação Pró-Amazônia, José Adriano Ribeiro da Silva. A ideia é discutir o estímulo ao desenvolvimento regional, após aprovada a reforma da Previdência.

Pensando bem...
...a final da Libertadores vai definir se os flamenguistas são mais odiados pelos adversários que os argentinos.

PODER SEM PUDOR

Intimidade provada
Um bispo vivia falando mal do interventor no Rio Grande do Sul, Flores da Cunha. Acusava-o de ser boêmio e elitista esnobe, que não dava intimidades nem mesmo aos próprios aliados. Quando soube disso, o general resolveu calar o bispo de uma forma curiosa: chamou-o para uma conversa às 6h da manhã, recebendo-o nos seus aposentos, ainda na cama. Vestia apenas cuecas: “Vossa Reverendíssima desculpe, mas como é de minha total intimidade, posso recebê-lo a qualquer hora, em qualquer lugar e de qualquer jeito.”

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CLÁUDIO HUMBERTO

Nós estamos no mesmo patamar de Nova York, de Paris e Madri

CLÁUDIO HUMBERTO

Brasil faz comércio com o mundo tudo

CLÁUDIO HUMBERTO

Seguirei pessoalmente empenhado em reerguer nossa economia

CLÁUDIO HUMBERTO

Estamos conversando com a China

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião