Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TRATAMENTO

Ministério anuncia compra de remédio para doença rara

Medicamento é considerado essencial no tratamento da esclerose lateral amiotrófica (ELA)

9 SET 15 - 18h:45AGÊNCIA BRASIL

O Ministério da Saúde comprará o medicamento Riluzol, a partir de outubro deste ano. O remédio é considerado essencial no tratamento da esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença neurodegenerativa progressiva, rara e incurável. Hoje a compra é feita pelas secretarias de Saúde dos estados, após receber dinheiro do governo federal.

O objetivo do ministério é ampliar o acesso de pacientes diagnosticados com a doença. O gasto previsto é R$ 7,6 milhões e representa economia de R$ 13,6 milhões. A primeira encomenda será de 2,3 milhões comprimidos para atender ao consumo médio mensal de 142,7 mil unidades.

“Apesar de ser uma doença sem cura, o medicamento reduz a velocidade de progressão da doença e prolonga a vida do paciente”, informou o ministério, por meio de nota. A expectativa do governo é que 3,5 mil pacientes sejam beneficiados com a medida até o final do ano.

A compra centralizada é resultado de uma Parceria para Desenvolvimento Produtivo  entre o Laboratório Farmacêutico da Marinha e o Laboratório Cristália, para a transferência de tecnologia destinada à produção do Riluzol.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Interdição da Mato Grosso <BR>tumultua vida de motoristas
CAOS

Interdição da Mato Grosso tumultua vida de motoristas

SAÚDE

OMS alerta para o risco do consumo de gordura trans

SUS

STF abre exceções para fornecimento pelo SUS de remédio sem registro

JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE

STF forma maioria para restrições ao fornecimento de medicamentos de alto custo

Mais Lidas