Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MINISTÉRIO DA SAÚDE

Mato Grosso do Sul receberá R$ 575 mil para vigilância em Saúde

Recurso é para municípios que atingiram metas do Ministério da Saúde

25 SET 19 - 19h:22GLAUCEA VACCARI, COM AGÊNCIAS

Mato Grosso do Sul irá receber mais de meio milhão do Ministério da Saúde, por meio do Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde.Estados e municípios que fizeram adesão tiveram os resultados avaliados e agora receberão financiamento e apoio técnico para implementação de iniciativas que garantam melhoria das ações de vigilância em saúde.

No Estado, recurso será de R$ 575.692,28, concedido às gestões locais que aderiram ao Programa e atingiram as metas. Dos 79 municípios de MS, 80% atingiram 90% das metas.

O planejamento e monitoramento das ações de vigilância em saúde são parte das atividades de aperfeiçoamento do Sistema único de Saúde (SUS).

Com o Programa são pactuados compromissos e definidas responsabilidades a serem assumidas pelos governos municipal, estadual e federal, além de reconhecer as boas práticas de gestão com repasse de recursos.

Dentre as metas, as localidades contempladas devem ter 90% de registros de óbitos alimentados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) até 60 dias após o final do mês de ocorrência, assim como o registro de nascidos vivos no Sistema de Informação de Nascidos Vivos (Sinasc).

Outra meta é priorizar a cobertura vacinal do Calendário Nacional de Vacinação para crianças menores de 1 ano de idade (Pentavalente - 3ª dose, Poliomielite - 3ª dose, Pneumocócica 10 valente - 2ª dose) e para crianças de 1 ano de idade (tríplice viral - 1ª dose).

Além disso, Estado e municípios devem cumprir meta de 80% de salas de vacina com alimentação mensal das doses de vacinas aplicadas e da movimentação mensal de imunobiológicos, no sistema oficial de informação do Programa Nacional de Imunizações de dados individualizados, por residência, dentre outras metas relacionadas às principais ações do campo de atuação da vigilância em saúde.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Envolvimento de agentes de saúde pode acelerar diagnóstico de câncer

BRASIL

Tratamento para doenças raras precisa de investimentos em pesquisa

SAÚDE

Pode entrar na água depois de comer? pediatras tiram dúvidas das crianças sobre saúde

BRASIL

1 em cada 4 adolescentes brasileiros é dependente de Internet, aponta estudo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião