Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ESCÂNDALO

Vereadores são presos em sessão da Câmara de Dourados

Dupla já fora presa anteriormente em operação

30 AGO 19 - 17h:48RAFAEL RIBEIRO

Os vereadores  Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM) foram presos há pouco durante a sessão de julgamento do vereador Junior Rodrigues (PL), que acontece na tarde desta sexta-feira (30) na Câmara de Vereadores de Dourados. Ambos saíram no camburão da Polícia Civil e foram levados ao 1º Distrito Policial.

Ainda não há informações sobre o que motivou o fato. As informações são do 'Dourados News'.

Cirilo e Pepa foram presos em 5 de dezembro do ano passado dentro da Operação Cifra Negra, que investiga suposto esquema de corrupção na Câmara de Dourados.

Eles estavam afastados do mandato por ordem judicial desde o dia 12 de dezembro e conseguiram retomar o cargo no dia 13 de agosto. 

A promotora Fabrícia Barbosa Lima participou da ação e disse que uma nota será divulgada em breve pelo Ministério Público Estadual. 

JULGAMENTO

Mesmo as prisões de Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB) não impediram o prosseguimento da sessão de julgamento do vereador Junior Rodrigues (PL), acusado de crime de responsabilidade político administrativa. 

Em contato com a imprensa logo após o fato, o presidente da Casa, vereador Alan Guedes (DEM), disse que há quórum para a continuidade do ato. 

“Vamos conversar com a Mesa Diretora, com a assessoria jurídica [da Casa, sobre a prisão dos parlamentares], temos uma sessão em andamento. É uma situação nova, nunca aconteceu isso e embora tenha quórum para deliberação, vamos avaliar ainda”, contou.

Nesse momento o advogado Vander Medeiros ocupa a tribuna da Câmara para fazer a defesa de Junior e segundo Alan, é necessário respeitar o prazo da processante, que se encerra no domingo e a necessidade do parlamentar envolvido em ter seu processo julgado. 

"O vereador tem direito em ter seu processo julgado e nós temos prazo também para definir isso. Ele termina no domingo. Se não for hoje tem que ser amanhã”, relatou o presidente da Casa, complementado em seguida: “vamos conversar com a defesa”.

Caso a sessão seja adiada, mais uma vez os suplentes Marcelo Mourão (PRP) e Marinisa Mizoguchi (PSB) serão convocados novamente. 

“Vamos analisar os efeitos da situação. Na medida que os vereadores estão afastados das suas funções, como precisamos recompor o plenário, temos que convocar os suplentes”, afirmou o presidente. 

Cirilo Ramão e Pedro Pepa teriam descumprido medidas cautelares impostas pela Justiça, resultando no cumprimento de mandados de prisão contra eles. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Adolescente é roubado e agredido no Parque do Sóter
ABANDONO E INSEGURANÇA

Adolescente é roubado e agredido no Parque do Sóter

Campo Grande tem 71 radares em operação; Veja locais
FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA

Campo Grande tem 71 radares em operação; Veja locais

Justiça nega liminar a advogados envolvidos em fraude milionária do Fies
VENDA DE VAGAS

Justiça nega liminar a advogados envolvidos em fraude milionária do Fies

Pagamento de dívidas é principal destino para saque do FGTS
SAQUE DO FGTS

Sul-mato-grossense quer usar R$ 500 para reformas e viagens

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião