FRONTEIRA

Veículo usado em fuga após tiroteio que matou 4 em casa noturna é incendiado

Causas do incêndio serão apuradas pela polícia
25/07/2017 10:36 - BRUNA AQUINO


 

Veículo que foi utilizado na fuga de pistoleiros durante ataque que resultou na morte de quatro pessoas em casa noturna, ontem (24), no centro de Pedro Juan Caballero, foi encontrado incendiado nesta madrugada, próximo ao Bairro São Carlos, na cidade paraguaia.

Segundo informações do Porã News, populares encontraram o veículo Prisma queimado e acionaram a Polícia Nacional e o Corpo de Bombeiros.

Conforme informações da polícia, carro foi usado na fuga de pistoleiros que dispararam contra a casa noturna e mataram quatro pessoas. Causas do incêndio serão apuradas.

O CASO

Quatro pessoas foram mortas por pistoleiros, em uma casa noturna na Avenida Doutor Francia, no centro de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, divisa com a cidade de Ponta Porã. As vítimas Sabrina Martins dos Santos, de 24 anos, e Gabrielly Oliveira Antonella, de 19, acompanhavam Felipe Alves e Ivanilton Moretti de 36 anos, que também foram mortos a tiros.

Os pistoleiros chegaram ao local em veículo Prisma, armados com fuzil e pistola de calibre .9 milímetros e efetuaram vários disparos contra as vítimas.

A polícia trabalha com a hipótese de que o crime tenha sido motivado por acerto de contas, pois os homens que estavam com as jovens poderiam ser integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) e estariam morando em Pedro Juan Caballero.

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".