Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Tráfico de drogas

Trio é preso transportando quase 2 ton de maconha em Dourados

Acusado foi contratado para pegar o caminhão com o entorpecente no Assentamento Itamaraty

23 MAI 19 - 09h:08Eduardo Penedo

Um homem conduzindo um caminhão carregado com 1.650 tonelada de maconha e outros dois que eram "batedores" foram presos, na tarde desta quarta-feira (22), por policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), na região de Itahum, em Dourados. 

Segundo os policiais do DOF, o motorista de 35 anos conduzia um caminhão Ford Cargo 712 de cor azul e placas de São Paulo (SP) freio bruscamente ao ver a equipe do DOF.  

Durante a abordagem, a informação de que “o DOF está na estrada” chegou através de um rádio de comunicação instalado no painel do veículo. O acusado informou que duas pessoas em um Fiat Uno de cor branca eram os “batedores”. Ele informou ainda que foi contratado para pegar o caminhão com o entorpecente no Assentamento Itamaraty, onde reside, para levá-lo até o município de Chapadão do Céu, interior do Estado de Goiás. 

Uma segunda equipe do DOF foi acionada e abordou o Fiat Uno Way de cor branca e placas de Uberaba (MG), com dois ocupantes residentes em Ponta Porã (MS), que foram reconhecidos pelo motorista do caminhão. Os dois disseram que foram contratados para “bater a estrada” até a cidade de Itaporã (MS). 

A ocorrência foi registrada e entregue na  Defron(Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), onde os três homens foram ouvidos e autuados, em flagrante, pelo crime de Tráfico de Drogas. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Bope e Gaeco prendem três e fecham laboratório de refino de cocaína
JARDIM RADIALISTA

Operação fecha laboratório de refino de cocaína na Capital

Grupo de 167 venezuelanos chega a Mato Grosso do Sul nesta semana
INTERIORIZAÇÃO

Grupo de 167 venezuelanos chega a MS nesta semana

PROJETO

Sem restaurante, refeitório poderá ser construído na Assembleia

Pedido de deputado poderá ser reavaliado
DEBATE

Deputados divergem sobre demarcação de terrras indígenas

STF quer que a responsabilidade volte para a Funai

Mais Lidas