Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PETROBRAS

Retomada de fábrica UFN3 pode abrir 7 mil vagas de trabalho em Três Lagoas

Grupo chinês tem interesse em concluir obra da fábrica de fertilizantes

18 MAR 17 - 07h:00GISELE MENDES, DE TRÊS LAGOAS

A liberação por parte do Tribunal de Contas da União (TCU)  das vendas de ativos para Petrobras foi recebida com esperança pelo Governo do Estado e de Três Lagoas, onde está instalada a UFN-3, fábrica da estatal. Isso porque, cogita-se a possibilidade de a ela ser vendida com mais facilidade por conta dessa liberação. Na última semana, o governador Reinaldo Azambuja, recebeu a confirmação de que existe interesse de chineses pela fábrica de fertilizantes.

De acordo com Antônio Luiz Empke, secretário de desenvolvimento econômico, ciência e tecnologia de Três Lagoas, a notícia foi recebida com muito otimismo e entusiasmo, pois, se houver interesse, por parte de investidores nos ativos, a obra será retomada e voltará a gerar empregos na cidade. Quando isso acontecer, a obra poderá gerar mais de 7 mil postos de trabalho no município.

Empke destacou ainda que o Poder Público fará o que for necessário para colaborar com a retomada das obras. “Esse é um importante passo e mostra que mais cedo ou mais tarde as obras serão retomadas”, disse.

(*) A reportagem completa está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Confira gabarito Enem aqui
CONFIRA

Confira gabarito Enem aqui

Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 6,5 milhões
LOTERIA

Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 6,5 milhões

Eduardo Bolsonaro apoia tomada de embaixada por aliados de Guaidó
VENEZUELA

Eduardo Bolsonaro apoia tomada de embaixada por aliados de Guaidó

MUDANÇAS

Protesto de dívidas em cartórios será gratuito a partir do dia 28

Medida foi autorizada pelo CNJ; Estado terá projeto semelhante

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião