Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Danos morais

Imobiliária deve pagar R$ 10 mil a casal por demora em oficializar escritura

Empresa também foi condenada a escriturar o imóvel adquirido pelo casal

24 JUL 17 - 13h:44GLAUCEA VACCARI

Imobiliária Juriplan Imóveis foi condenada a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais a um casal, devido a demora em oficializar a Escritura Pública do imóvel. Decisão é da juíza da 2ª Vara Cível de Três Lagoas, Emirene Moreira de Souza Alves.

Casal alegou que comprou um imóvel na imobiliária, mas não conseguiu escriturar a casa por “má vontade” da empresa. Eles pediram indenização e que a imobiliária fosse obrigada a outorgar a escritura.

Em contestação, administradora de imóveis argumentou que não assinou qualquer contrato de corretagem com o casal e que não poderia responder pelos danos morais pleiteados. Além disso, afirmou que apenas redigiu o contrato de cessão de direitos e obrigações, mas tal fato não lhe impõe obrigação de responder por outros deveres.

Juíza considerou que a administradora de imóveis tinha o dever de comprovar que o casal estava ciente da impossibilidade da referida outorga, o que não ocorreu. Magistrada também observou que não há elementos que comprovem a impossibilidade da empresa de realizar a escritura em nome do casal.

“A prova testemunhal produzida nos autos confirma que a ré realizava a venda de referidos terrenos ciente da irregularidade que recaía sobre os mesmos, incluindo o adquirido pelos autores e, ainda assim, no momento da compra e venda, era afirmado que a escritura pública seria outorgada”, disse a juíza na decisão.

Dessa forma, ela concluiu que dano moral ficou caracterizado pela empresa, ao intermediar a venda de um imóvel impossibilitado de obter sua escrituração, e condenou a empresa a pagar o valor e outorgar a escritura ao casal.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Estudante de medicina abandona amigo ferido após carro capotar
PONTA PORÃ

Estudante abandona amigo ferido após carro capotar

Três Lagoas comemora 104 anos <br>com programação até o fim do mês
PARABÉNS

Três Lagoas completa 104 anos com programação extensa

Cai liminar que impedia venda de fábrica de fertilizantes
TRÊS LAGOAS

Cai liminar que impedia venda de fábrica de fertilizantes

Homem é hospitalizado após comer cal pensando ser bombom de coco
BRINCADEIRA DE MAU GOSTO

Homem é hospitalizado após comer cal pensando ser doce

Mais Lidas