Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

TRÊS LAGOAS

Homem que matou avós da namorada morre em confronto com a PM

Ele disparou contra militar, mas errou o tiro e foi atingido por três disparos

23 JUN 2017Por MARESSA MENDONÇA07h:51

Suspeito de matar os avós da namorada, Alex Martins Teixeira, de 29 anos, morreu em confronto com policial militar na tarde de ontem em propriedade rural de Três Lagoas.

De acordo com o boletim de ocorrência, depois de receberam denúncias sobre a localização do criminoso, policiais civis e militares foram até propriedade da irmã de Teixeira, em assentamento conhecido como Pontal do Faia.

Policiais conversaram com os irmãos do criminoso, mas eles mentiram sobre terem visto Teixeira. Eles também falaram com o cunhado do suspeito e decidiram levar os três para a delegacia para prestarem depoimento.

O reforço foi acionado para auxiliar nas buscas e apenas dois militares continuaram na propriedade, onde não havia sinal de celular e os radiocomunicadores não funcionavam.

Nesse intervalo, o criminoso foi até a cozinha do sítio e se deparou com PM. Ele apontou revólver em direção ao militar, acionou o gatilho e atirou, mas a arma falhou. O militar também sacou a arma e disparou contra Teixeira que caiu no chão.

Ainda no chão, o suspeito disparou novamente e, desta vez, o revólver funcionou. O projétil passou próximo a cabeça do policial que atirou outras duas vezes contra o criminoso. O PM não se machucou.

Viatura com reforço retornou ao sítio e os militares levaram o criminoso até o hospital. Ele chegou a ser atendido, mas não resistiu aos ferimentos. Com ele, foi apreendido revólver calibre.38.

Outros dois homens, Yuri Greiton Oliveira de Melo e Humberto Luiz Guilherme foram presos por investigadores por ajudarem Teixeira a fugir do local do homicídio e se esconder em sítio.

O HOMICÍDIO

Homem de 66 anos e a mulher dele, 62, foram mortos a tiros na noite de quarta-feira (21) em residência do Bairro Santos Dumont, em Três Lagoas. O suspeito pelo crime, Alex Martins Teixeira, de 29 anos, é namorado da neta do casal, de 15 anos.

Naide Carrilho Dias e José Rodrigues Dias foram mortos com um e seis tiros, respectivamente.

Alex tinha sido denunciado pela garota na terça-feira (20). Segundo informações da delegada Letícia Mobis, a adolescente era frequentemente agredida pelo criminoso e também sofria ameaças.

Na delegacia, a adolescente relatou que, Teixeira ameaçou bater nela com corrente caso ela terminasse o namoro. O criminoso também teria dito que mataria não só ela como todos os familiares dela.

Ele era conhecido no meio policial e tinha passagens por associação criminosa e disparo de arma de fogo.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também