Sábado, 26 de Maio de 2018

Não aceitava separação

Mototaxista mata a ex-mulher a tiros
na frente do filho e se mata em seguida

Homem esperou vítima chegar em casa e, durante briga, efetuou disparos

9 FEV 2018Por GLAUCEA VACCARI17h:22

Por não aceitar o fim do relacionamento, mototaxista Marcos Sérgio da Silva Castro, de 48 anos, matou a ex-mulher a tiros, na frente do filho do casal, de 22 anos, e se matou em seguida, na tarde de hoje, em Três Lagoas.

De acordo com o site JP News, o homem estava trabalhando quando decidiu ir até a casa da ex-mulher, identificada como Larissa Souto Pereira, 42 anos.

Ele aguardou até que ela chegasse ao condomínio, no Jardim Alvorada e, no local, eles iniciaram uma discussão no portão. Em determinado momento, o suspeito sacou a arma e efetuou vários disparos na presença do filho e de alguns moradores do condomínio.

A mulher foi atingida por três tiros no tórax. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital Auxiliadora, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo após dar entrada na unidade de saúde.

Castro cometeu suícidio a poucos metros do local onde atirou na esposa, com um tiro no peito.

Testemunhas disseram que o casal estava separado há alguns meses e o homem não aceitava a separação. Segundo a Polícia Civil, a mulher tinha obtido na justiça uma medida protetiva contra o ex-marido. Caso será investigado.

Leia Também