Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

PONTA PORÃ

Frigorífico da JBS é multado em R$ 100 mil por vazamento de amônia

Vazamento foi em Ponta Porã na terça e funcionários foram intoxicados

2 JUN 2017Por GLAUCEA VACCARI16h:03

Frigorífico Jbs foi multado em R$ 100 mil pelo vazamento de amônia ocorrido nessa terça-feira (30), que teria causado danos a saúde de funcionários, em Ponta Porã.

Local ficou interditado por cerca de três horas e 27 pessoas foram intoxicadas e socorridas, segundo informações da assessoria do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto.

Polícia Militar Ambiental (PMA) foi ontem até a unidade e, depois de todas as avaliações, foram confirmados danos à saúde dos trabalhadores.

Conforme artigo 61 da Lei de Crimes Ambientais, “causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana” gera multa.

Por conta disso, mesmo tendo sido tomadas todas as medidas para regularizar a situação no ambiente, PMA aplicou a multa de R$ 100 mil referente à infração de poluição.

A multa inicial é a primeira peça de processo administrativo que será julgado pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul). JBS terá direito a ampla defesa e o órgão julgador poderá acatar, aumentar ou diminuir o valor da multa aplicada.  

VAZAMENTOS

Também na terça, outro vazamento de amônia aconteceu na unidade da JBS em Campo Grande e mobilizou pelo menos quatro equipes do Corpo de Bombeiros. De acordo com informações dos militares, vazamento ocorreu em pequena escala e não houve feridos.

Esses incidentes ligados à amônia em frigoríficos da JBS já somam quatro ocorrências só neste ano. O primeiro aconteceu em fevereiro, em unidade instalada em Bataguassu. Pelo menos 20 pessoas foram intoxicadas na época.

Funcionários relataram que os alarmes de evacuação da unidade foram soados e todos os trabalhadores saíram rapidamente do local, porém, alguns inalaram o gás e chegaram a desmaiar no interior da empresa. 

Houve também outro vazamento na Capital, que deixou em torno de 100 feridos. Esse caso aconteceu em 6 de abril e a empresa foi multada em R$ 1 milhão.

Leia Também