Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TRÊS LAGOAS

Comércio de Três Lagoas demite 162 funcionários

Mesmo com desenvolvimento industrial, Três Lagoas não escapou da crise

7 AGO 15 - 15h:47GISELE MENDES, DE TRÊS LAGOAS

A crise econômica que o Brasil atravessa reflete nas vendas do comércio de Três Lagoas (MS) - distante 338 km da Capital, e consequentemente, na geração de emprego. O município, que tem o primeiro PIB do Estado, e é conhecido por seu acelerado desenvolvimento industrial, não conseguiu escapar dos reflexos da crise.

Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) mostram que 162 funcionários que atuavam no comércio do município perderam seus empregos. As vendas despencaram em 30% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com Atílio D´Agosto, presidente da ACI-TL (Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas), além da crise nacional o município ainda se recupera do calote da Petrobras, que paralisou as obras da FAFEN (Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados) no ano passado, deixando dívida milionária e a demissão de mais de 10 mil trabalhadores nos 12 meses de 2014.

O presidente destacou que alguns empresários demitiram mais de um funcionário, como forma de contornar a crise. “Infelizmente, esse é um período em que eles são forçados a enxugar o orçamento para evitar transtornos maiores, como o fechamento da empresa, por exemplo”, explicou.

Apesar desse agravante, D´Agosto acredita que o comércio conseguirá se recuperar entre o final deste ano e começo do ano que vem. As expectativas dos comerciantes vêm das datas comemorativas – Dia dos Pais, Dia das Crianças e o Natal. “Essas datas darão um novo fôlego para os comerciantes e no final do ano o fechamento das vendas deve ser melhor”, disse destacando que as ampliações das fábricas de celulose, Fibria e Eldorado Brasil, também devem aquecer o comércio a partir do ano que vem, quando o município passará a ganhar novos moradores. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Fazendeiro abandona 270 cabeças de gado em fazenda sem pastagem
MAUS-TRATOS

Fazendeiro abandona 270 cabeças de gado em fazenda

Trabalhador rural morre ao ser prensado por caminhão desgovernado
SEM FREIO

Trabalhador morre prensado por caminhão desgovernado

Trabalhadores que atuam em obra do Regional paralisam atividades
TRÊS LAGOAS

Trabalhadores de obra no Regional paralisam atividades

Após discutir com conhecido, <br>homem é encontrado morto a facadas
HOMICÍDIO

Após discutir com conhecido, homem é encontrado morto

Mais Lidas