Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

TRÊS LAGOAS

Briga em bar acaba em morte
e câmeras auxiliam prisão
do autor

Socorristas tentaram reanimar João Carlos Souza Oliveira durante 30 minutos

8 AGO 2015Por LAURA HOLSBACK07h:30

João Carlos Souza Oliveira, 31 anos, foi assassinado a facadas por volta das 2h15min deste sábado (8), em um bar, localizado na Rua do Repórter, no Jardim das Violetas, em Três Lagoas. Câmeras de monitoramento instaladas em vias públicas flagraram o momento da fuga e auxiliaram na prisão de Jeferson Dias Azambuja, 21 anos, que confessou autoria no crime.

De acordo com registro policial sobre o caso, testemunhas chamaram policiais militares no local informando que havia uma pessoa esfaqueada e o autor tinha fugido a pé. João Carlos chegou a ser socorrido e equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tentou reanimá-lo durante cerca de 30 minutos, no entanto, ele não resistiu a duas perfurações, as quais médicos disseram à polícia que o atingiram o coração.

PRISÃO

Jeferson foi preso minutos depois. Militares analisaram gravação de câmeras instaladas na região e o viram passando por diversas ruas, na bicicleta, e entrando em alguns quintais. As buscas foram intensificadas e ele acabou localizado em um quintal.

Jeferson assumiu que matou João Carlos depois de discussão no bar. Ele contou que bebiam juntos quando se desentenderam e teria sido ameaçado de morte pela vítima. Então, foi até a casa onde mora, pegou uma faca, retornou ao bar e cometeu o crime.

Outros clientes que estavam no estabelecimento comercial confirmaram que houve discussão entre os envolvidos.

O objeto do crime não foi apreendido. O preso disse tê-lo jogado em um matagal.

 

 

Leia Também