Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 09 de dezembro de 2018

APARECIDA DO TABOADO

Trem bate em outro e descarrilha com 24 vagões; dois maquinistas ficam feridos

Um dos veículos estava carregado de milho e causa do acidente ainda é investigada

13 OUT 2018Por LEANDRO ABREU15h:18

Dois maquinistas ficaram feridos em um acidente envolvendo dois trens em um cruzamento de trilhos na região de Aparecida do Taboado. Ao todo, 24 vagões carregados com milho descarrilharam e interditaram o fluxo de veículos no local.

De acordo com o Corpo de Bombeiros do município, um trem, que vinha de Chapadão do Sul carregado de milho, passava por um cruzamento de trilhos, enquanto o outro, que estava vazio, aguardava a vez. Logo após a locomotiva cruzar, um dos vagões que vinha em seguida deu um “salto” e bateu na outra locomotiva que estava parada aguardando, conforme informou o maquinista aos socorristas.

Com a batida, todos os outros 23 vagões que vinham sem seguida descarrilharam e se envolveram no acidente. Os dois maquinista foram socorridos pelos bombeiros e encaminhados para unidades de saúde da região. Eles sofreram apenas ferimentos leves. Não há informações sobre o que teria provocado esse “salto” de um dos vagões.

Após o acidente, os vagões e a carga de milho ficaram espalhadas nas marges do trilho e sobre eles também. A Rumo Logística, concessionária responsável pela malha ferroviária, enviou equipes até o local para realizar a remoção dos vagões e liberar os trilhos.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, a informação repassada pelos funcionários da concessionária é que o trabalho duraria, pelo menos, todo o fim de semana.

A concessionária foi procurada e informou que ainda apura as causas do descarrilhamento. "24 vagões carregados com milho descarrilaram nesta manhã (13), na entrada do pátio ferroviário próximo a Aparecida do Taboado. Não houve feridos. Equipes da concessionária trabalham no local para retirar os vagões e restabelecer a circulação de trens. A empresa está apurando as causas do descarrilamento", diz a empresa em nota.

 
  • Cabo Gomes Neto/Corpo de Bombeiros
  • Cabo Gomes Neto/Corpo de Bombeiros
  • Cabo Gomes Neto/Corpo de Bombeiros
  • Cabo Gomes Neto/Corpo de Bombeiros
  • Cabo Gomes Neto/Corpo de Bombeiros
  • Cabo Gomes Neto/Corpo de Bombeiros
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também