Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MINOTAURO

Traficante e matador de policial <br>é preso pela PF em apartamento de luxo

Contra ele havia mandados de prisão de Mato Grosso do Sul e de São Paulo
05/02/2019 06:59 - MARESSA MENDONÇA*


 

Um dos narcotraficantes mais procurados pela polícia do Brasil e do Paraguai, Sérgio de Arruda Quintiliano, conhecido como Minotauro foi preso na terça-feira (4) pela Polícia Federal. A ação, que contou com o apoio das polícias dos estados de Mato Grosso do Sul e de Santa Catarina. 

Em nota, a PF informou que por volta das 17h, agentes localizaram Minotauro em um apartamento de luxo na Avenida Atlântica. As investigações para localizar e prender Minotauro duraram aproximadamente 6 meses e o apontam como uma liderança regional de uma organização criminosa que se dedica ao tráfico de entorpecentes originários da Bolívia e que são introduzidos no Brasil pela fronteira sul do Estado do Mato Grosso do Sul com o Paraguai. 

Após a assunção de Minotauro ao comando de uma dessas organizações, a escalada dos atos violentos, ocorreu especialmente na região de Ponta Porã.

Contra ele, havia dois mandados prisão em aberto, um da Justiça do Mato Grosso do Sul e outra da de São Paulo. Ele é investigado pela morte de um policial civil, de uma advogada e de um ex-empresário e candidato a prefeito.

Na operação de ontem, além da prisão, foram apreendidos dinheiro em espécie, telefones celulares e um veículo de luxo. A prisão de Minotauro é considerada um importante golpe no tráfico de drogas e armas, bem como na tentativa de domínio de áreas fronteiriças por facções criminosas. O local para onde ele foi levado não foi informado.

"TESEU"
 Faz referência ao nome do personagem da mitologia grega que derrotou o minotauro, criatura mítica que habitava o labirinto de Creta.     

(*) Com informações do G1

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.