Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

800 COMPETIDORES

Torneio de pesca movimenta R$ 2 milhões na economia de Três Lagoas

Competição é a maior do Brasil na modalidade pesque-solte do tucunaré

5 MAI 19 - 17h:02GLAUCEA VACCARI

A 10ª edição do Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas, considerado o maior eventos do gênero do Brasil na modalidade pesque-solte do tucunaré, reuniu 800 competidores de todo o País e movimentou R$ 2 milhões na economia do município. Prova principal foi realizada nesse sábado (4).

De acordo com o governo do Estado, os números demonstram avanço do esporte em Mato Grosso do Sul, que ganha força com o decreto da cota zero, a partir de 2020, nos rios das bacias do Paraguai e Paraná. A medida visa controlar e preservar o estoque pesqueiro.

Adjunto da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Agricultura Familiar e Produção (Semagro), Ricardo Senna, representou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que foi homenageado pelos pescadores esportivos. 

Na ocasião, presidente da Associação dos Pescadores Esportivos de Três Lagoas (APETL), Kenzo Sigaki, paulista radicado na cidade, disse que o decreto da cota zero exigiu coragem. “O governador levantou uma bandeira importante e tem o nosso apoio. Hoje, no Rio Paraná, não temos mais o peixe da bacia, devido a matança no passado”, disse.

Ricardo Senna disse que o reconhecimento fortalece a tomada de decisão do governo, que visa recuperar os recursos pesqueiros e promover a pesca esportiva para fortalecer a cadeia do turismo. Segundo ele, a pesca esportiva é um dos esportes que mais cresce no Brasil e pode ser uma alternativa para a economia do Estado.

“Não tínhamos a dimensão da grandiosidade desse torneio, que reúne amantes da pesca de todo o País, e o que presenciamos aqui demonstra que estamos no caminho certo”, afirmou o secretário adjunto.

TORNEIO

O torneio começou na sexta-feira (3), em área de influência do Balneário Municipal, abrangendo os rios Paraná, Tietê e Sucuriú. Já a prova principal teve início às 8h de sábado e consistiu em pesca embarcada, na modalidade de arremesso, sendo permitida apenas a captura de tucunaré, espécie abundante no Rio Paraná e seus afluentes. 

Competição foi realizada durante oito horas no sábado. Participaram 321 equipes (dupla ou trio) de 101 cidades e 12 estados, reunindo competidores de extremos como Manaus, Salvador e Porto Alegre.

A prova do torneio consistiu na prática da pesca embarcada, na modalidade de arremesso, sendo permitido apenas a captura de tucunaré, espécie abundante no Rio Paraná e seus afluentes. O maior peixe, de 57,5 centímetros, foi capturado pelo trio de Andradina (SP), formada por Guilherme Genovan, Glauco Cabrio e Rodrigo Minhole, mas a equipe campeã foi de Uberlândia (MG), integrada por Luciano Estevão, Ricardo Melim e Marcus Vinicius.

O próximo torneio de pesca esportiva será realizado em setembro, em Paranaíba.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Corregedoria do TJ abre procedimento para apurar caso de tortura de criança adotada em MS
INTERNADO

TJ abre procedimento para apurar caso de tortura de criança adotada em MS

Julgamento de recurso de PRF que matou empresário é adiado
PEDIDO DA DEFESA

Julgamento de recurso de PRF que matou empresário é adiado

Governo cria plano para combater altos índices de feminicídio no Estado
POLÍTICA PÚBLICA

Governo cria plano para combater altos índices de feminicídio no Estado

Homem tira criança de carrinho e arremessa de cabeça no chão
ESTADO GRAVE

Homem tira criança de carrinho e arremessa de cabeça no chão

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião