Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva

Não é a primeira que o Centro Cirúrgico alaga durante chuva

14 NOV 19 - 17h:27DAIANY ALBUQUERQUE

Parte do teto de gesso da Santa Casa de Campo Grande desabou na manhã desta quinta-feira (14). O pedaço que se desprendeu fica no corredor do Centro de Terapia Intensiva (CTI). Não há informação sobre feridos no hospital por conta do incidente.

Este tipo de situação não é inédita no centro médico. No ano passado o Centro Cirúrgico foi alagado depois de uma chuva forte que ocorreu na Capital. Naquela ocasião a assessoria de imprensa da unidade informou que o problema foi causado pelo transbordamento de calha no teto.

No mês passado, inclusive, o Corpo de Bombeiros deu 90 dias para que a Santa Casa corrija problemas para que seja emitido um certificado definitivo contra incêndio e pânico. Conforme a determinação, durante esse período o hospital terá um certificado provisório, que poderá ser cancelado caso as irregularidades não sejam sanadas.

De acordo com os bombeiros, o incidente desta quinta-feira não afeta a obtenção do documento, porque não tem relação com incêndio e pânico e sim com problemas na manutenção do prédio.

A reportagem tentou contato por meio da assessoria de imprensa da unidade e do diretor-presidente da Associação Beneficente Santa Casa de Campo Grande (ABCG), Esacheu Nascimento, porém, até o fechamento desta matéria não houve retorno.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Motorista fica presa às ferragens após capotar carro na Capital
ACIDENTE

Motorista fica presa às ferragens após capotar carro na Capital

Fim de ano terá 450 policiais de setores administrativos reforçando segurança
BOAS FESTAS

Operação terá reforço de 450 PMs de áreas administrativas

Dois homens são executados com mais de 30 tiros na fronteira
PONTA PORÃ

Dois homens são executados com mais de 30 tiros na fronteira

Servidores protestam após revogação de reajuste salarial
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Servidores protestam após revogação de reajuste salarial

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião