PROTEÇÃO À VIDA

Terceiro estado do País em suicídios, MS terá comitê de prevenção

Secretaria Estadual de Saúde instalou criou comitê nesta terça-feira (16)
16/04/2019 09:25 - EDUARDO MIRANDA


 

Com a terceira maior taxa de mortes por suicídio do Brasil, Mato Grosso do Sul terá uma comitê para atuar na prevenção dos atentados que as pessoas cometem contra a própria vida. O Diário Oficial desta terça-feira (16) traz o regimento interno da Comitê Estadual de Prevenção ao Suicídio. 

Além da Secretaria Estadual de Saúde e do conselho estadual do mesmo setor da administração pública, estão presentes outras repartições do governo e instituições da sociedade civil, como as secretarias de Educação, de Direitos Humanois, de Segurança Pública, e ainda os conselhos regionais de profissões como Psicologia, Enfermagem, Assistência Social e de Medicina. 

Além da comissão estadual, sediada em Campo Grande, também existirão grupos de trabalho regionais em Ponta Porã, Aquidauana, Três Lagoas, Paranaíba e Dourados.

Quando se trata de pessoas que tiram a própria vida, no Brasil, Mato Grosso do Sul só fica atrás do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Levantamento do Ministério da Saúde indica que, no ano passado, a taxa no Estado foi de 8,5 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes. Nas unidades da federação no Sul do País, as taxas foram de 10,3 e 8,8, respectivamente. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".