Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

hospital

TCE quer saber se Santa Casa paga
empréstimo com dinheiro público

Hospital queixou-se da dificuldade em pagar fornecedores e funcionários

16 AGO 2017Por DA REDAÇÃO07h:00

O Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul (TCE/MS) quer saber se recurso público está sendo usado para pagar contas próprias da Santa Casa e até mesmo pagamento de empréstimos.

O planejamento é verificar os contratos entre a Prefeitura de Campo Grande e o hospital e, depois, comparar com os gastos da instituição.

A medida integra decisão da semana passada, em que o TCE, por meio do procurador-geral João Antônio de Oliveira Martins Junior, durante sessão do Pleno do Tribunal de Contas, pediu inspeção na unidade hospitalar e também na administração municipal. 

Informações a que o Correio do Estado teve acesso são de que pode haver irregularidades no uso de recurso público para pagamento, por exemplo, do empréstimo de R$ 100 milhões feito com a Caixa Econômica Federal (CEF). A princípio, a responsabilidade por pagar essa dívida é do hospital, com recursos próprios. 

Além disso, a apuração já aponta que o hospital está em débito com diversos fornecedores e, assim, não teria como ter crédito para contrair empréstimo milionário.

Algumas perguntas que o TCE quer respondidas são como a Santa Casa conseguiu viabilizar empréstimo por meio da Caixa; quem avalizou esse recurso e qual a garantia desse empréstimo.

*Leia reportagem, de Lucia Morel, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Leia Também