Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

RIO VERDE

Tamanduá-bandeira é flagrando
'passeando' no centro de cidade em MS

Vídeo da visita inesperada na área central foi parar na internet

17 AGO 2017Por MARIANE CHIANEZI16h:48

Tamanduá-bandeira foi flagrado por moradores passeando em ruas do Centro de Rio Verde de Mato Grosso,  a 194 km de Campo Grande. Animal chamou atenção de muita gente do município, que tem pouco mais de 19,5 mil habitantes. Depois de passar pelas ruas, o animal foi para uma mata e desapareceu.

O vídeo gravado e compartilhado nas redes sociais mostra o tamanduá andando pela Rua Porfílio Gonçalves, esquina com a Rua Joaquim Murtinho, área central do município. Visita inesperada virou atração para funcionários do comércio e clientes.

Tenente-Coronel Queiroz, da Polícia Militar Ambiental (PMA), disse ao Portal Correio do Estado que até o início da tarde de hoje nenhum morador acionou a PMA. O tenente-coronel disse acredita que o animal deve ter retornado para a mata espontaneamente e por isso não houve chamado para captura.

“Os animais, às vezes, são vistos nos perímetros urbanos porque estão em busca de alimento ou por conta do desmatamento que acontece em seu habitat. Esses desmatamentos, na maioria das vezes, não são ilegais, pois os donos de propriedade podem desmatar até 80% da área. Aí, esses animais vão migrando”, explicou Queiroz.

Apesar de parecer inofensivo, o tamanduá-bandeira possui garras e pode atacar caso se sinta acuado. “Quando as pessoas verem animais silvestres é recomendado que não se aproximem, não tentem espantá-lo ou jogar pedra, além de não deixar que crianças cheguem perto”, disse o tenente-coronel.

Orientação correta para esse tipo de situação é acionar imediatamente a PMA para capturar animal e encaminhá-lo para seu habitat natural.

VÍDEO

Leia Também