VEJA O VÍDEO

Sucuri de sete metros é encontrada por funcionários de usina

Serpente pesava 85 quilos
24/01/2020 08:52 - IZABELA JORNADA


 

Sucuri de sete metros é encontrada em sala de máquina de usina hidrelétrica, em Cassilândia.

Funcionários da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Indaiazinho, localizada a 70 km da cidade de Cassilândia, iriam realizar manutenção na sala de máquinas, na tarde da última quinta-feira (23), e se depararam com uma serpente de sete metros no local. Os funcionários acionaram a Polícia Militar Ambiental (PMA). 

A serpente é da espécie Eunectes notaeus (sucuri-amarela), que pesava aproximadamente 85 quilos.

Foi necessário montar uma operação mais minuciosa para que a sucuri e os policiais não fossem machucados.

Depois de algumas horas, a sucuri foi capturada e em seguida foi solta em seu habitat natural, em uma vegetação às margens do córrego Indaiazinho.

De cobra-coral a tamanduá, Polícia Militar Ambiental (PMA) capturou 1.766 animais silvestres na área urbana, em Mato Grosso do Sul. Uma média de 4,8 animais por dia e de 2,2 só em Campo Grande. Os animais vítimas de tráfico não foram computados que em 2019 somou 345 aves.

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".