Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

Operação Polícia Civil

Subway diz que vai realizar revisão interna em franquias com ‘gato de energia’

Seis unidades de Campo Grande foram autuadas por fraude

18 OUT 2017Por YARIMA MECCHI12h:46

A Subway informou, por meio de nota nesta quarta-feira (18), que vai realizar uma revisão interna nos franqueados que foram autuados por furto de energia na operação realizada ontem (17) pela Polícia Civil em conjunto com a Energisa - concessionária responsável pela distribuição de energia em Mato Grosso do Sul.

Segundo a empresa, “muitos restaurantes Subway® são de propriedade individual e operados por proprietários de pequenas empresas que normalmente vivem e trabalham nas comunidades que servem”. Durante a operação da Polícia Civil, todas as loja da franquia foram vistoriadas e seis foram autuadas por fraude.

Por meio de nota, a rede alega que exige que todos os assuntos que envolvem leis e regulamentos locais, estaduais e federais, sejam cumpridos por todos os franqueados.

“Nosso contrato de franquia exige o pleno cumprimento da lei. Estamos cooperando plenamente com a investigação da Energisa e Polícia Civil, além de conduzir também uma revisão interna”, consta na nota.

Energisa

A Energisa, também por meio de nota, esclareceu que houve um equívoco na divulgação da filial Subway da Avenida Bom Pastor como uma das unidade onde foram registradas fraudes. Segundo a concessionária, foram constatadas irregularidades em vários estabelecimentos, entretanto, não foi constatada nenhuma irregularidade na loja citada.

De acordo com a empresa, cerca de 150 clientes são autuados diariamente por adotarem essa prática ilegal. A pena para quem comete a fraude varia de 2 a 8 anos e para quem é beneficiado pela fraude, de 1 a 4 anos.

Outro ponto destacado pela empresa é que além de ser crime e gerar impacto nas tarifas de clientes regulares, as ligações clandestinas oferecem riscos à população já que podem ocasionar acidentes com choques elétricos, curtos-circuitos e incêndios.

Leia Também