Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Polícia Civil

Sindicato da categoria tenta
barrar concurso na Justiça

Ação tramita na 4ª Vara de Fazenda Pública

10 JUN 17 - 04h:00DA REDAÇÃO

O Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul (Sinpol-MS) tenta na Justiça suspender o concurso público para os cargos de delegado de Polícia e agente de Polícia Judiciária – investigador e escrivão – da Polícia Civil.

Edital publicado na quinta-feira pelo governo do Estado prevê preenchimento de 210 vagas, com salários entre R$ 3.888,26 e R$ 14.978,26.

A entidade que representa 2,5 mil policiais civis afirma ter sido “impedida de participar de todos os atos da produção do edital, o que compromete a lisura do certame”.

Na ação, ingressada na 4ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos de Campo Grande, a entidade solicita urgência para que representante do Sinpol participe da comissão organizadora do concurso público de provas e títulos para provimento de todos os cargos.

Porém, o representante do sindicato indicado para participar não foi autorizado a fazer as reuniões e deliberações referentes à carreira de delegado de Polícia.

*Leia reportagem, de Natalia Yahn, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Na volta do feriado, acidente mata "Baiano", empresário da Capital

Na volta do feriado, acidente mata "Baiano", empresário da Capital

Semana terá de calor e tempo seco a temporal com granizo
TEMPO

Semana terá de tempo seco a temporal com granizo

Inscrições para processo seletivo com salário de R$ 3,1 mil terminam terça
CENSO DEMOGRÁFICO 2020

Inscrições para processo seletivo com salário de R$ 3,1 mil terminam terça

Estacionamento rotativo ficará mais caro em Campo Grande
REAJUSTE

Estacionamento rotativo ficará mais caro em Campo Grande

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião