Campo Grande - MS, quarta, 22 de agosto de 2018

BR-060

Choque faz reintegração de posse
em sítio em Sidrolândia

Operação começou às 6 horas da manhã e retirou 80 barracos

4 AGO 2017Por Izabela Jornada16h:45

Policiais do Batalhão de Choque fizeram operação de reintegração de posse hoje (4) em sítio, no município de Sidrolândia.

A propriedade fica na beira da estrada, na BR-060. Segundo informações do comandante do Batalhão, coronel Marcus Pollet, a operação começou às 6h e terminou por volta das 11h. Dezenas de pessoas ocupavam 80 barracos e não houve confronto.

O comandante afirmou também que apesar do sucesso da operação, no dia anterior à reintegração de posse, ontem (3), equipe do Batalhão de Choque tinha ido até o local da invasão para tentar conciliação, “porém eles não saíram e tivemos que voltar hoje com a determinação judicial”, disse Pollet.

Moradora da região e produtora rural declarou que a propriedade foi invadida há 15 dias e que o terreno tem 25 hectares. A área pertence a um grupo de sócios de um clube. “Por isso que foi tão rápido a reintegração de posse, mas a Justiça não age rápido assim não”, disse a produtora rural que não quis se identificar. 

Porém o coronel do Choque ponderou que a Justiça tem sido mais ágil na determinação de reintegração de posse e como prova ele explicou que no primeiro semestre de 2017 foram 200% a mais de procedimentos feitos pela polícia na comparação com os dois últimos anos.

“Entre a expedição do mandato e o cumprimento, são de duas a três semanas apenas de espera”, justificou o coronel.

BARRACOS

A região onde houve a invasão é conhecida por ter a presença de diversos manifestantes. Nas margens da BR-060, no município de Sidrolândia, há uma grande extensão de barracos montados em faixa de terra entre as propriedades rurais e a rodovia.

O coronel Pollet alegou que o grupo retirado hoje, durante operação do Choque, não era do Movimento Sem Terra (MST). “Era outro grupo independente”, informou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também