Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CALORÃO

Sensação térmica foi de 41,8º na segunda e previsão é que calor permaneça

Máxima ontem foi de 38ºC em Corumbá e temperatura deverá se manter nesta terça-feira
18/02/2020 08:32 - Daiany Albuquerque


 

A terça-feira (18) será de forte calor em Mato Grosso do Sul, isso porque a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indica que os termômetros devem se manter na mesma temperatura de segunda-feira, quando a sensação térmica no Estado chegou aos 41,8ºC.

Segundo dados do meteorologista Natálio Abrahão Filho, da estação meteorológica da Uniderp, na segunda-feira a cidade de Corumbá foi a mais quente de Mato Grosso do Sul, atingindo a máxima de 38ºC, com sensação de 41,8º. Para hoje a previsão é de que o termômetro se mantenha igual na região.

A sensação térmica também passou dos 40ºC na segunda-feira nas cidades de Ribas do Rio Pardo, Bataguassu, Santa Rita do Pardo, e Itaporã.

Em Campo Grande a sensação foi de 36ºC, com máxima de 33º, temperatura que deve se manter nesta terça-feira. Segundo o Inmet, o dia deve ser de sol entre nuvens e as temperaturas se elevaram rapidamente durante o dia. Durante a tarde há previsão de pancadas de chuva isoladas.

A partir de quarta-feira o Instituto indica que as chuvas se intensificaram em Mato Grosso do Sul devido a um canal de umidade que vem da Amazônia segue pela Bolívia, oeste e sul do Paraguai até o nordeste da Argentina e Uruguai, transportando calor e umidade. 

“No nordeste da Argentina, oeste do Uruguai e sudoeste do Rio Grande do Sul forma uma grande região de convecção, que intensifica uma frente fria. Essa frente fria se desloca para nordeste e durante a quinta-feira canaliza o canal de umidade por Mato Grosso do Sul até uma região de baixa pressão que se fortalece no litoral sul de São Paulo. Essa esteira transportadora intensifica as fortes pancadas de chuva com trovoadas que ocorrem no Estado num canal que segue pelo nordeste e leste na quarta, espalha pelo Estado na quinta e na sexta-feira começa a diminuir do sudoeste para o nordeste”, explicou o Inmet.

 

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...