PRAÇA DA LIBERDADE

Sem local reservado, deficientes assistem shows do Festival de Bonito com dificuldade

Organização do evento não reservou espaço com boa visibilidade, conforme prevê lei
29/07/2017 11:06 - Cassia Modena


 

Jads e Jadson e Karol Conka fecharam os dois primeiros dias de atrações do Festival de Inverno de Bonito (FIB), e atraíram juntos cerca de 10 mil pessoas à Praça da Liberdade, segundo estimou a organização do evento. A estrutura pensada para o local comportou esse público, porém não levou em conta a necessidade de reservar espaço para pessoas deficientes que foram assistir às apresentações.

A cadeirante Caroline Barros, 29 anos, teve que ficar bem em frente a um dos telões que estava posicionado na parte lateral ao palco para ver a dupla sertaneja, no show da última quinta (27).

“Eu sou fã deles e queria ver o show mais de perto. Não consigo enxergar o palco daqui. Mesmo se eu ficar lá na frente, também não vou conseguir ver nada porque tem muita gente lá”, lamenta.

Ela é bonitense e está participando do festival de inverno pela segunda vez. No ano passado esteve na praça, e também teve que acompanhar os shows pelos telões.

De acordo com a Lei de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015), as organizações dos eventos culturais devem reservar espaços ou assentos exclusivos a esse público, com boa visibilidade e facilidade de acesso às saídas, devidamente sinalizados.

ACESSIBILIDADE

O responsável geral pela estrutura do Festival de Inverno de Bonito (FIB), Gustavo Castelo, argumenta que há rampas nos estandes montados na praça para garantir acessibilidade às pessoas com deficiência e, ainda, banheiros químicos adaptados para uso deles.

Entretanto, reconhece que houve falha em relação à visibilidade dos shows. “A gente providenciou opções para eles pudessem circular pela praça, mas realmente não nos atentamos a isso. É algo que vamos pensar no próximo festival”, afirma.

CONKA

A rapper Karol Conka se apresentou noite de ontem (28), e agitou o público com hits como "Tombei" e "Bate a Poeira". Um dos pontos altos do show foi quando ela chamou um jovem com Síndrome de Down para dançar com ela no palco."Eu não tenho dançarinos, mas sempre chamo alguém para subir e dançar uma música comigo. Vem para cá, Joãozinho", convidou (confira o vídeo nesta matéria).

GRATUITO

Todas as atrações do Festival de Inverno de Bonito são gratuitas. Na noite deste sábado (29), o show da turnê “Atento aos sinais”, de Ney Matogrosso, é a principal atração musical.

Além do shows, há apresentações de dança, teatro e oficinas programadas. O FIB segue até amanhã (30).

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".