Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TRÂNSITO

Sem abertura de licitação, radares eletrônicos ficam parados até 2018

Fiscalização e aplicação de multas continua comprometida na Capital

9 SET 17 - 11h:15TAINÁ JARA

Enquanto promessa, abertura de licitação para contratação de empresa para administrar os radares eletrônicos pode deixar os aparelhos parados até 2018.

O último prazo dado pela Prefeitura de Campo Grande é até o final de setembro para lançamento do edital para as empresas interessadas em prestarem o serviço. Por conta disto, a fiscalização e aplicação de multas continua comprometida. 

Os aparelhos estão inoperantes desde o fim do ano passado, em razão de encerramento de contrato com a empresa Perkons, responsável pelo gerenciamento das máquinas. Desde então, 97 radares, instalados em 53 pontos da cidade, e 30 faixas de lombada, existente em 16 locais, não estão funcionando.

Inicialmente, a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) previa a abertura no mês, porém, o certame não ocorreu. 

Além de deixar as ruas livres paras as infrações, a falta de fiscalização ocasiona queda na arrecadação municipal.

A aplicação de multa rendeu, até a ontem, R$ 6.702.907,52, o valor não representam nem 20% da previsão anual para 2017, que era de R$ 31.979.000,00. Além disto, o valor não representa nem 40% do total arrecadado em multas no ano passado. Entre janeiro e agosto de 2016, as infrações renderam R$ 18.281.631,11 em multas.

A Perkons manteve contra to com a prefeitura de 2010 a 2016. O valor inicial pactuado era de R$ 22.531.392,00.

Com os reajustes, concedidos a cada 48 meses, o contrato correspondia a R$ 25 milhões.
Em julho de 2016, o serviço chegou a ser interrompido durante três dias por falta de pagamento. Na ocasião, a dívida da Agetran com a prestadora de serviço chegou a aproximadamente R$ 6 milhões.
 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Vacina de febre amarela será aplicada em todos os municípios de MS
IMUNIZAÇÃO

Vacina de febre amarela será aplicada em todos os municípios de MS

Minas vence o Praia Clube no tie-break e termina Mundial Feminino de vôlei em 5º
DISPUTA

Minas vence o Praia Clube no tie-break e termina Mundial Feminino de vôlei em 5º

Deputado do PT perde <br> CNH em blitz na Capital
FISCALIZAÇÃO

Deputado do PT perde
CNH em blitz na Capital

Aumento de pena pode deixar presídios de MS ainda mais cheios, avalia secretário
PACOTE ANTICRIME

Aumento de pena pode deixar presídios de MS ainda mais cheios, avalia secretário

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião