Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 15 de dezembro de 2018

CAMPO GRANDE

Sem interessados em terreno, prefeitura altera data para vender outros quatro

Lotes estão localizados no bairro Chácara Cachoeira, área nobre da cidade

7 DEZ 2018Por NATALIA YAHN09h:17

Após fracasso na primeira tentativa de venda de terreno público desafetado a prefeitura de Campo Grande alterou o edital do aviso de concorrência para os outros quatro lotes localizados no Bairro Chácara Cachoeira, área nobre da cidade. A abertura da sessão, que inicialmente estava marcada para hoje (7) às 14h, foi adiata e será no dia 9 de janeiro de 2019.

O aviso de resultado de licitação do primeiro terreno, que não teve interessados, foi publicado no dia 29 de novembro. O loteamento San Marino Park, com área total de 1.135,14 m² foi avaliado em R$ 1.149.772,00, mas não atraiu compradores.

Desta vez a tentativa é para vender outros quatro terrenos. O primeiro lote, denominado RJA, mede 301,90 m² e está localizado no cruzamento da rua Jeribá com a rua Raul Pires Barbosa, no Bairro Miguel Couto, avaliado em R$ 537.673,52. O segundo Lote, de 168,58 m², e o terceiro, de 167,77 m², estão localizados na rua Jeribá próximos a rua Nossa Senhora das Mercês. O quarto e último lote mede 166,96 m² e fica na rua Jeribá esquina da Rua Nossa Senhora das Mercês.

As concorrências serão da forma “maior lance ou oferta”, em conformidade com a Lei Federal n. 8.666 de 21 de junho de 1993, Lei Municipal 4.792 de 23 de dezembro de 2009, e Legislação complementar na forma  e condições fixadas nos editais, autorizadas no Processo n° 88.598/2009-81 e nº 33.897/2004-28.

De acordo com o secretário municipal de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, a prefeitura usará o dinheiro para investir em diferentes programas.

“A venda de áreas não pode ser utilizada nem para pessoal nem para custeio. Quando se vende um ativo como esse, o dinheiro fica numa conta, e esse recurso só pode ser gasto com investimento, que é pavimentação, recapeamento, drenagem, construção de edifícios, equipamentos públicos, entre outros”, explicou.

O loteamento San Marino Park, com área total de 1.135,14 m² foi avaliado em R$ 1.149.772,00
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também