Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CAMPO GRANDE

Sem interessados em terreno, prefeitura altera data para vender outros quatro

Lotes estão localizados no bairro Chácara Cachoeira, área nobre da cidade

7 DEZ 18 - 09h:17NATALIA YAHN

Após fracasso na primeira tentativa de venda de terreno público desafetado a prefeitura de Campo Grande alterou o edital do aviso de concorrência para os outros quatro lotes localizados no Bairro Chácara Cachoeira, área nobre da cidade. A abertura da sessão, que inicialmente estava marcada para hoje (7) às 14h, foi adiata e será no dia 9 de janeiro de 2019.

O aviso de resultado de licitação do primeiro terreno, que não teve interessados, foi publicado no dia 29 de novembro. O loteamento San Marino Park, com área total de 1.135,14 m² foi avaliado em R$ 1.149.772,00, mas não atraiu compradores.

Desta vez a tentativa é para vender outros quatro terrenos. O primeiro lote, denominado RJA, mede 301,90 m² e está localizado no cruzamento da rua Jeribá com a rua Raul Pires Barbosa, no Bairro Miguel Couto, avaliado em R$ 537.673,52. O segundo Lote, de 168,58 m², e o terceiro, de 167,77 m², estão localizados na rua Jeribá próximos a rua Nossa Senhora das Mercês. O quarto e último lote mede 166,96 m² e fica na rua Jeribá esquina da Rua Nossa Senhora das Mercês.

As concorrências serão da forma “maior lance ou oferta”, em conformidade com a Lei Federal n. 8.666 de 21 de junho de 1993, Lei Municipal 4.792 de 23 de dezembro de 2009, e Legislação complementar na forma  e condições fixadas nos editais, autorizadas no Processo n° 88.598/2009-81 e nº 33.897/2004-28.

De acordo com o secretário municipal de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, a prefeitura usará o dinheiro para investir em diferentes programas.

“A venda de áreas não pode ser utilizada nem para pessoal nem para custeio. Quando se vende um ativo como esse, o dinheiro fica numa conta, e esse recurso só pode ser gasto com investimento, que é pavimentação, recapeamento, drenagem, construção de edifícios, equipamentos públicos, entre outros”, explicou.

O loteamento San Marino Park, com área total de 1.135,14 m² foi avaliado em R$ 1.149.772,00
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre
BRASIL

Júri condena dois acusados de atacar judeus em 2005 em Porto Alegre

BRASIL

Brumadinho: sobe para 212 o número de mortos identificados em tragédia

BRASIL

Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento

BRASIL

Líder rural é assassinada a facadas em assentamento no Pará

Mais Lidas