Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Saúde confirma segunda morte por coronavírus em Mato Grosso do Sul

Vítima tinha 66 anos, era de Batayporã e estava internada em Nova Andradina
06/04/2020 17:17 - Glaucea Vaccari


Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou a segunda morte por Covid-19 em Mato Grosso do Sul, nesta segunda-feira (6). Vítima é uma mulher de 66 anos, moradora de Batayporã, que estava internada em Nova Andradina. Desta forma, Batayporã registra os dois óbitos por coronavírus do Estado.

Vítima apresentou sintomas após voltar de uma viagem a trabalho para São Paulo estava internada desde o dia 27 de março no Hospital Reguional de Nova Andradina. Mulher tinha hipertensão arterial e diabetes mellitus, que contribuíram para o agravemento do quadro .

Primeiro exame realizado resultou inclusivo. Nova coleta foi realizada neste domingo (5) e o resultado deu positivo para a Covid-19 na tarde de hoje.

A primeira morte por coronavírus em Mato Grosso do Sul foi confirmada no dia 31 de março. Vítima foi a aposentada a Eleuzi Silva Nascimento, 64 anos, também moradora de Batayporã. Ela ficou internada em Nova Andradina antes de ser transferida para Dourados, onde morreu. 

No sábado, secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, afirmou que cinco casos confirmados em Batayporã e três em Nova Andradina são de pessoas que tiveram contato com a aposentada. 

Conforme o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, o Estado tem 66 casos confirmados de coronavírus e outros 63 casos suspeitos da doença.  

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 726 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul. Destes, 585 foram descartados após os exames darem negativo para Covid-19e onze foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde.

 

Felpuda


Há quem diga que o horário eleitoral já começou. Isto porque lives estão pipocando nas redes sociais de pretensos candidatos, principalmente aqueles que querem cadeiras nas câmaras municipais. O mais interessante é que somente agora muitas dessas figurinhas estão descobrindo os problemas enfrentados pelos cidadãos dos mais diferentes setores. Até então, cuidavam apenas do “seu quadrado”. E só!