Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Violência

Rio tem seis mortos, sete baleados e ao menos 15 tiroteios em 24 horas

4 FEV 18 - 08h:12Folhapress

Ao menos seis pessoas morreram e outras nove foram baleadas na cidade do Rio de Janeiro e na região metropolitana entre 12h de sexta-feira (3) e 12h deste sábado. No mesmo período, foram registrados ao menos 15 tiroteios, segundo informações do aplicativo Onde Tem Tiroteio, que contabiliza registros de tiroteios e disparos de arma de fogo.

No primeiro mês deste ano,146 pessoas morreram vítimas de disparos de arma de fogona capital e região metropolitana, de acordo com levantamento feito pelo aplicativo Fogo Cruzado a pedido doUOL. Ao todo foram 688 registros no total.

De acordo com a PM, três suspeitos foram baleados durante uma troca de tiros no Complexo do Chapadão, na zona norte do Rio. A polícia informou que eles foram levados ao Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Outros dois suspeitos foram baleados durante uma operação policial na Cidade de Deus, na zona oeste da cidade. Um deles morreu.

Na madrugada deste sábado, um homem foi baleado na cabeça na Avenida Brasil, uma das principais vias expressas do Rio na quarta-feira (31), a avenida teve o trânsito bloqueado em ao menos três momentos devido a confrontos entre criminosos e policias na Cidade de Deus, na zona oeste do Rio.

De acordo com agentes do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas, uma patrulha fazia ronda na avenida quando ouviu o barulho de disparos de arma de fogo na altura de Bangu, Zona Oeste da cidade. Ao chegarem ao local de onde partiram os tiros, os policiais encontraram a vítima ferida dentro do carro, com os faróis acesos.

Ele está internado no Hospital Pedro II, em Santa Cruz e, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, está estável, mas inspira cuidados.

Um policial militar morreu após ser baleado na cabeça na noite desta sexta-feira (2), em Itaboraí, na região metropolitana. Segundo informações da 71ª DP, o agente estava de folga em um bar quando dois homens chegaram em um carro e anunciaram um assalto. Ele reagiu e acabou atingido.

Ainda na sexta à noite, policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Rocinha entraram em confronto com criminosos armados. Dois suspeitos ficaram feridos e foram levados ao Hospital Miguel Couto, na Gávea. Um deles não resistiu aos ferimentos e morreu.

Também há registros de três pessoas baleadas em tiroteios na Praça Seca, em Jacarepaguá, na zona oeste da cidade. Comunidades do bairro são alvo de disputa entre traficantes de drogas e milicianos. PMs realizaram uma operação nas comunidades Chacrinha e Bateu Mouche neste sábado (3). Criminosos ligados ao tráfico de drogas e milicianos travaram intenso tiroteio na última noite (2).

Segundo a Polícia Militar, agentes do setor de inteligência do 18º Batalhão confirmaram que dois homens baleados deram entrada na noite desta sexta-feira (2) na Unidade de Pronto Atendimento da Taquara. Na manhã deste sábado (3), uma mulher também foi ferida e levada para a mesma unidade de saúde.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Suspensão de cota zero pode dizimar atividade econômica, diz Azambuja
PESCA E TURISMO

Suspensão de cota zero pode dizimar atividade econômica, diz Azambuja

Tráfego muda e conversão na Rua 14 de Julho está proibida
REVIVA CAMPO GRANDE

Tráfego muda e conversão na Rua 14 de Julho está proibida

Lago será enchido até o fim de semana, mas voltará a ser esvaziado
PARQUE DAS NAÇÕES INDÍGENAS

Lago será enchido até o fim de semana, mas voltará a ser esvaziado

Prefeitura abre duas investigações e julga 25 infrações contra Consórcio Guaicurus
CAMPO GRANDE

Prefeitura abre duas investigações contra Consórcio Guaicurus

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião