Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TRÁFICO DE DROGAS

Remessa de 1,1 tonelada de maconha em carga de milho sai de MS e é apreendida em Santa Catarina

Três pessoas foram presas com carga avaliada em R$ 3 milhões
30/07/2017 11:50 - THIAGO GOMES


 

Carregamento de 1,1 tonelada de maconha paraguaia despachado a partir do Mato Grosso do Sul foi apreendido no início da noite de ontem, na divisa entre Santa Catarina e Paraná. A droga estava em um caminhão que transportava grãos de milho.


Segundo as informações, denúncia anônima dava conta que ao menos um de dois caminhões que saíram do Mato Grosso do Sul estaria carregando toneladas de maconha, o que levou o Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), em conjunto com a Polícia Civil de São Lourenço do Oeste e São Miguel do Oeste, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Receita Federal, a realizar uma operação nas estradas.


Após alguns horas de fiscalização, dois caminhões foram abordados já por 17h30min de ontem, entre São Miguel do Oeste e São Lourenço do Oeste, na divisa do estado catarinense com o Paraná. Dois veículos
trafegavam juntos, mas somente um deles carregava droga. Os policiais constataram que sob uma carga de milho estavam escondidos 1,1 tonelada de maconha e 740 gramas de skank.


A remessa está avaliada em R$ 3 milhões. Três homens foram presos e encaminhados com os entorpecentes para a delegacia de São Lourenço do Oeste.

Felpuda


Dez vereadores da Capital mudaram de partido na tentativa de encarar a reeleição ou, dependendo do caso, disputar a vaga de vice-prefeito. Legendas foram “engordadas”, outras entraram em estado de inanição e outras ainda simplesmente sumiram do mapa. Que ninguém ouse perguntar a quem “trocou de camisa” qual a linha programática dos partidos em que agora estão filiados. Seria para eles, digamos, questão de pouca importância. Política tem dessas coisas...