Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DEODÁPOLIS

Rapaz é executado com tiros
na cabeça enquanto
caminhava em rua

Vítima chegou a ser socorrida e foi levada para hospital, mas acabou morrendo

27 AGO 15 - 07h:00LAURA HOLSBACK

Marcos Vinícios Monteiro Alves, 22 anos, foi executado com tiros na cabeça enquanto caminhava pela Rua Jonas Ferreira de Araújo, no Centro de Deodápolis, na noite de ontem (26). O autor do crime foi Tales José da Silva, 18 anos, de acordo com apuração da polícia.

A vítima seguia na companhia de um amigo no momento em que foi surpreendida pelos tiros. A testemunha contou que o atirador surpreendeu Marcos pelas costas quando caminhavam pela via. O assassino se aproximou em um automóvel, freou bruscamente e fez três disparos.

Dois deles acertaram a cabeça de Marcos, que chegou a ser levado ao hospital público da cidade, mas acabou não resistindo.

Segundo o amigo do rapaz, foi possível verificar que o atirador usou espingarda para cometer o crime.

BUSCAS

Policiais militares receberam denúncias de que o assassino estava na casa mãe, foram ao local, mas não o encontraram. De lá, seguiram para a casa dos avós de Tales, onde apreenderam apenas o carro - modelo Tipo, documentos pessoais dele e um estojo de munição calibre 22.

Os avós disseram aos policiais que souberam que o neto havia cometido o crime, mas não sabiam informar o seu esconderijo.

O motivo do crime ainda não foi esclarecido pela polícia.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Prefeitura irá fazer empréstimo de <br>R$ 30 milhões para retomada de obras
FINISA

Prefeitura irá fazer empréstimo de
R$ 30 milhões para retomada de obras

Abono de R$ 200 poderá <br> ser votado na próxima semana
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Abono de R$ 200 poderá ser votado na próxima semana

Prefeitura abre processo seletivo para contratar 110 agentes sociais
ESPORTE E LAZER

Aberto processo seletivo para contratar 110 agentes sociais

Na Assembleia, servidores pedem que abono seja mantido por três anos
REAJUSTE

Na AL, servidores pedem que abono seja mantido por 3 anos

Mais Lidas