Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TEMPO

Próximo ao início do verão, calor e tempo seco predominam em Mato Grosso do Sul

Sol e umidade baixa trazem sensação de abafamento e riscos à saúde

9 DEZ 18 - 16h:31GLAUCEA VACCARI

Próximo ao início do verão, que começa no dia 21 de dezembro, o calor e tempo seco predominam em Mato Grosso do Sul durante o restante do mês. Conforme meteorologistas, nas duas últimas semanas da primavera, o clima já será típico de verão, com predomínio de sol e chuvas rápidas durante a tarde.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a semana começa com névoa seca e índice de umidade relativa do ar em torno de 30%, considerado estado de atenção. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), um nível considerado aceitável deve estar acima dos 30%, abaixo disso já é prejudicial a saúde. (Veja dicas abaixo).

As temperaturas estarão elevadas e as máximas devem ficar acima dos 30ºC todos os dias. Com a umidade baixa, forma-se a sensação de “abafamento”, fazendo a sensação térmica deverá ser maior do que a temperatura registrada.

O calor aliado ao tempo seco também deve provocar chuvas e trovoadas isoladas em algumas regiões do Estado. No entanto, chuva deve cair em pancadas e não será suficiente para afastar o calorão.

Nos últimos dias da primavera, os dias devem ter céu oscilando entre períodos de claro a nublado, com névoa seca e a baixa umidade do ar à tarde. Ainda segundo o Inmet, noites e madrugadas devem ter temperaturas mais amenas, mas ainda consideradas altas para os períodos, ficando em torno de 20°C.

Para esta semana, previsão é de predomínio de sol e temperaturas elevadas. As condições de chuva aumentam a partir de terça-feira, no norte e noroeste do Estado. Nas demais áreas, pancadas de chuva isoladas estão previstas a partir de quinta-feira.

Em Campo Grande, as temperaturas oscilam entre 21°C e 33°C durante toda a semana. O dia amanhece com névoa seca e os indíces de umidade caem durante a tarde.

UMIDADE BAIXA

O calor e o tempo seco podem trazer problemas a saúde. Os principais problemas decorrentes da baixa umidade relativa do ar são complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas; sangramento pelo nariz; ressecamento da pele; irritação dos olhos; eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos e aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.

A orientação é para a população suprimir exercícios físicos e trabalho ao ar livre entre as 10h e 16h; umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas e recipientes com água; permanecer sempre que possível em locais protegidos do sol, usar soro fisiológico nos olhos e narinas, evitar aglomerações de pessoas e beber bastante água.  

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Educação de MS é a nona melhor País em competitividade
RANKING NACIONAL

Educação de MS é a nona melhor País em competitividade

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado
EVITE ATRASO

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado

Crise do PSL trava projeto de reforma do Hotel Campo Grande, diz prefeito
PARADO

Crise do PSL trava projeto de reforma de hotel, diz prefeito

Prefeitura entrega novos ônibus e garante reforma de terminais em novembro
MAIS 20 VEÍCULOS

Prefeitura entrega novos ônibus e garante reforma de terminais em novembro

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião