PARQUE DOS PODERES

Prova física para concurso de PM e Bombeiros interdita via

Acesso só voltará após finalização do Teste de Aptidão Física
26/05/2019 09:29 - Redação


 

Desde às 6h deste domingo (26), o acesso ao Parque dos Poderes está interditado para realização do Teste de Aptidão Física (TAF), realizado pelos candidatos que disputam as vagas oferecidas em concurso público da Polícia Militar (PMMS) e do Corpo de Bombeiros (CBMMS). 

A região interditada será o entorno da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD), no perímetro que compreende a Avenida do Poeta, entre a rotatória com a Rua Dr. Abdalla Duaillibi a Avenida André Junqueira Fortes, e a Avenida Des. José Nunes da Cunha, entre a Avenida do Poeta e a Avenida André Junqueira Fortes, onde serão realizados os testes de corrida.

Das 6h às 10h será permitido apenas o acesso de pessoas envolvidas no exame, como candidatos, equipe de trabalho e veículos utilizados para garantir a segurança do certame, como ambulâncias e carros de apoio.

Cerca de 200 pessoas foram mobilizadas para a aplicação do TAF, como organizadores do concurso, integrantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, além de outras agências governamentais que apoiarão direta e indiretamente a execução do evento.

Estão aptos a participar dessa fase do concurso realizada neste fim de semana 1.580 candidatos. Durante todo o sábado (25.5) serão realizados os exercícios localizados específicos para cada cargo, que compreendem a etapa II prevista nos editais de convocação. A etapa será realizada na Uniderp Agrárias, situada na Rua Alexandre Herculano, n. 1.400, Bairro Taquaral Bosque. Quem for desclassificado nesta etapa, não participa do TAF no domingo.

Os testes serão aplicados por profissionais habilitados, sob a responsabilidade da Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul (Fapems), e supervisionado pela Comissão Organizadora, em conjunto com uma Comissão Técnica designada pelo Comandante-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS).

O resultado do TAF será expresso pelo conceito “apto” ou “inapto”. Segundo as normas estabelecidas em edital, caso o candidato seja considerado inapto no primeiro teste, não poderá realizar o teste subsequente. Serão eliminados do concurso, candidatos que não atingirem o desempenho mínimo exigido nos testes, ou que não comparecerem às avaliações.

Para ambas as etapas, recomenda-se que os candidatos se apresentem no local com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário previsto em edital, tendo em mãos o mesmo documento de identificação utilizado no ato da inscrição, e trajando vestes apropriadas para a prática de atividade física.

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".