Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

POLÊMICA

Projeto de lei quer proibir manifestações contra cristãos em MS

Satirização das crenças cristãs seria vetada no Estado

23 ABR 19 - 11h:27YARIMA MECCHI

O deputado Antônio Vaz (PRB) apresentou um projeto de lei que proíbe a utilização da religião cristã, de forma a satirizar e/ou toda e qualquer outra forma de menosprezar ou desprezar seus dogmas e crenças, em manifestações sociais, culturais e/ou de gênero, realizadas em Mato Grosso do Sul.

O projeto prevê ainda vedar a liberação de verbas públicas para a contratação ou financiamento de cobertura de eventos, desfiles carnavalescos, espetáculos, passeatas e marchas de ONGS, Associações, Agremiações, Partidos e Fundações, que pratiquem a intolerância religiosa.

Questionado se não pode ser interpretado como censura, o deputado destacou que na verdade quer combater a intolerância e o desrespeito às religiões.

“É inadmissível acontecer nos dias de hoje intolerância religiosa. O projeto de aprovado vai parar com essa situação. Temos como exemplo pessoas que quebraram imagens da Igreja Católica, a Marcha das Vadias que parou na Universal com cartazes ofendendo a igreja”. 

O projeto prevê ainda multa no valor de R$ 5 mil a R$ 500 e a impossibilidade de realizar eventos públicos que dependam de autorização ou de nada a opor do poder público, e de suas autarquias, pelo prazo de cinco anos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Bueiro a céu aberto deixa morador indignado “parece novela"
PATRULHA DA CIDADE

Bueiro aberto deixa morador indignado “parece novela"

Mesmo sem simulador, <br>custo da CNH não deve cair
TRÂNSITO

Mesmo sem simulador,
custo da CNH não deve cair

Polícia Federal deve investigar <br>origem de arsenal
GRUPO DE EXTERMÍNIO

Polícia Federal deve investigar
origem de arsenal

Bolsonaro exonera Marcos Derzi da Sudeco
POLÍTICA

Bolsonaro exonera Marcos Derzi da Sudeco

Mais Lidas