Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 21 de janeiro de 2019

disciplina

Promotor quer projeto contra violência nos municípíos de MS

Projeto é do promotor da Infância, Adolescência e Juventude, Sérgio Harfouche

23 JUN 2015Por DA REDAÇÃO00h:00

O promotor da Infância, Adolescência e Juventude, Sérgio Harfouche, tenta hoje, em audiência promovida em Campo Grande, instigar os 79 prefeitos das cidades de Mato Grosso do Sul a impor, por lei, o programa de reparação de danos nos regimentos escolares. 

Na prática, o projeto, criado em 2009 com o propósito de conter a violência e a evasão escolar, conforme o promotor, já em prática nas escolas da Capital, obriga estudantes que surram os colegas ou maltratam os professores, por exemplo, recebam punições, entre as quais  limpar o pátio por período determinado, pintar as paredes dos colégios ou os vasilhames depois de servido a merenda.

¨A finalidade é tornar lei municipal a inserção da reparação de danos nos regimentos escolares, por iniciativa dos executivos municipais. Claro, também a implantação do ProCEVE em cada município¨, afirmou Sérgio Harfouche.

Rosângela Quintana Gonzaga, assistente social do Ministério Público Estadual e parceira de Harfouche na proposta, disse que a ideia, batizada de Programa de Conciliação para Prevenir a Evasão e Violência Escolar (Proceve), já resolveu 1,9 mil casos (média de 9 por dia) envolvendo questões disciplinares, principalmente de violência nas escolas.

(*) A reportagem, de Celso Bejarano, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também