Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DOURADOS

Professores entram em greve e paralisam 56% das atividades

Caso salários não sejam quitados, outra greve deve acontecer na sexta

14 AGO 19 - 10h:18RAFAEL RIBEIRO

Nesta quarta-feira (13), professores da rede municipal de Dourados iniciaram paralisação de 56% das atividades. O ato é motivado pela falta de pagamento dos salários da categoria. Até o momento, os educadores, bem como todos os servidores do município, tiveram apenas 44% do ordenado quitado pela prefeitura local, segundo os sindicatos. 

A paralisação foi definida pela categoria em assembleia realizada no sindicato na última sexta-feira (9), caso a prefeitura não quitasse o restante dos salários. O Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação encaminhou ofício ao Poder Municipal informando a decisão da classe. 

As informações são do portal 'Dourados News'.

Uma assembleia foi realizada às 9h para discutir a organização do movimento de paralisação que envolverá as atividades docentes e administrativas.

MAIS PARALISAÇÃO 

Nova paralisação pode acontecer na sexta-feira (16), caso a prefeitura não efetue o pagamento dos 56% dos salários.

Os servidores definiram em assembleia no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Dourados que caso não ocorra a quitação do restante dos proventos, até a data (16), haverá paralisação no mesmo dia. 

Caso a situação persistir, a categoria informou que poderá optar por medidas mais drásticas. 

A gestão municipal local, responsabilidade da prefeita Delia Razuk (PR), não se manifestou sobre o ocorrido até a publicação desta reportagem.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Detran pede rescisão de contrato com empresa responsável por radares
DÍVIDA MILIONÁRIA

Detran vai rescindir contrato com empresa de radares

Prefeitura abre processo seletivo com oito vagas e salário de R$ 3,2 mil
CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA

Prefeitura abre processo seletivo com salário de R$ 3,2 mil

BRASIL

Bolsonaro levanta suspeita sobre ONGs por queimadas na Amazônia

BRASIL

Plenário da Câmara aprova projeto que regulamenta a vaquejada

Mais Lidas