Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

CONFLITO EM MS

Produtores e índios entram em acordo ou caso será decidido na Justiça, diz ministro

José Eduardo Cardozo disse que será formada comissão para tratar assunto no Estado

2 SET 15 - 16h:49GABRIEL MAYMONE E MARESSA MENDONÇA

Para tentar resolver os conflitos entre produtores rurais e indígenas, em Antonio João (MS) – distante 402 km da Capital -, o Governo Federal vai começar uma mediação, informou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, nesta quarta-feira (2), em Campo Grande. Conforme o ministro, serão definidas cinco áreas de conflito no Estado para tentar um acordo.

Em seu pronunciamento, o ministro disse que será criada comissão formada por representantes do Governo Federal, Estadual, produtores e lideranças indígenas. Porém, Cardozo, frisou que não pode haver quebra de acordo. Uma das regras é não haver agressões, de ambas as partes – indígenas e produtores -. “Não aceitarei ofensas à lei, de qualquer natureza”, declarou Cardozo.

O ministro ressaltou que as tropas do Exército e Força Nacional estão no local para garantir a segurança. “A ideia é criar situação de paz para dialogar. Se houver quebra de acordo, a mediação vai parar e caberá ao judiciário decidir”, destacando que, se caso parar na Justiça, a solução pode demorar décadas.

O ministro declarou que não está descartado o pagamento de indenização aos produtores, porém, dependerá do orçamento da União.

MORTE

Sobre as investigações acerca da morte do líder indígena Simão Vilhalva, durante retomada de área por parte dos produtores, o ministro pouco falou. Cardozo limitou-se a dizer que as investigações estão sendo feitas pela Polícia Federal e que estão sob sigilo. “Os responsáveis serão rigorosamente punidos”

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Última semana de janeiro terá calorão e temporal no Estado
TEMPO

Última semana de janeiro terá calorão e temporal no Estado

Prazo para pagamento do Dpvat <BR>termina nesta semana
SEGURO OBRIGATÓRIO

Prazo para pagamento do Dpvat termina nesta semana

Inscrições para cursos gratuitos do IFMS encerram nesta quinta-feira
EDUCAÇÃO

Inscrições para cursos gratuitos do IFMS encerram nesta quinta-feira

Mulher pode ser a quinta vítima <br>de dengue hemorrágica no Estado
ALERTA

Mulher pode ser a quinta vítima
de dengue hemorrágica no Estado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião