QUER PAGAR QUANTO?

Procon autua empresa por propaganda enganosa na Capital

Cliente chegou a pagar mais de R$ 2 mil além do divulgado por ter parcelado
17/05/2019 12:30 - EDUARDO PENEDO


 

O Procon estadual autuou a empresa Casa Bahia por propaganda enganosa e por diferença de valores para quem adquire produtos pelo cartão da própria loja. A autuação foi feita na loja localizada na rua 14 de Julho, centro de Campo Grande. 

Dentre as irregularidades reclamadas e constatadas pela fiscalização do Procon Estadual vale ressaltar publicidade enganosa devido a ausência de informações adequadas, nas etiquetas anexadas nos produtos, a respeito da forma de pagamento e diferença de valores nas compras à vista ou em prestações e, além disso, contempla com tratamento especial quem adquire por meio de cartão da própria loja. 

Segundo o Procon-MS, houve consumidor que ao adquirir certo produto via boleto terminou por pagar, no cômputo final, valor acrescido de 131,87 % ao que seria cobrado se utilizasse cartão de crédito. O preço exposto no produto era de R$ 2.795,00 e ao verificar os cálculos finais chegou a R$ 5.111,00 para quitar em 12 prestações, somando-se as taxas de administração e juros. 

Na tentativa de justificar, gerente da loja fiscalizada afirmou ser “significativamente inferior” o número de clientes que se utilizam do cartão da loja se comparado aos que adquirem por meio de boletos. Com isso, fica evidente que as ofertas expostas não contemplam o que está previsto no Código de Defesa do Consumidor uma vez que, ao se depararem com as ofertas e não se derem conta de que são válidas só para o cartão da loja, os clientes são induzidos às compras e, assim, prejudicados nas suas pretensões. 

Também em descumprimento à Lei Estadual 3 530 de 2008, que trata da obrigatoriedade de atendimento prioritário a gestantes, mães com crianças no colo, portadores de necessidades especiais, idosos e autistas. Consumidores enfrentam, de maneira igual, filas para solução de questões relacionadas ao consumo, como é o caso de pagamento nos caixas (muitas vezes em número insuficiente), bem como para sanar alguma dúvida relacionada com suas compras. 

 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".