Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 21 de janeiro de 2019

PAC 2

Prefeitura de Campo Grande investe R$ 28,4 milhões em drenagem e pavimentação

Obras beneficiam moradores do Anache e José Tavares do Couto

14 JAN 2019Por RENAN NUCCI11h:15

A Prefeitura Municipal de Campo Grande vai investir R$ 28,4 milhões  em drenagem, pavimentação e qualificação das vias urbanas nas regiões do Jardim Anache e bairro José Tavares do Couto, na região do Nova Lima.

Os extratos de contratos firmados entre o Executivo e a Empresa Equipe Engenharia foram publicados no Diário Oficial do Município desta segunda-feira. Conforme a publicação, as obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

No Complexo José Tavares, são investidos R$ 18.146.238,82. O projeto prevê implantação de 4,3 km de drenagem, 14,12 quilômetros de pavimentação, 3,6 km de recapeamento, abrangendo ruas como o trecho final da Avenida Zulmira Borba. Também será refeito o asfalto da Rosa Maria Lopes e da Santo Augusto.

No Anache, as obras de drenagem a pavimentação  serão construídas com recursos na ordem de R$ 10.306.572,51. Está programada a implantação de 2,5 quilômetros de drenagem;  11 quilômetros de pavimentação, 4,6 km de recapeamento, além de calçadas.

Entre as vias que terão o pavimento refeito está a  Rua Lino Villacha, principal acesso ao Hospital São Julião para quem chega pela Avenida Cônsul Assaf Trad. Também  serão recapeadas ruas como a Francisco Pereira Coutinho, Farid Jorge, Hanna Anache e Elias Chacha, que receberá drenagem num trecho de 300 metros, para escoamento das águas pluviais no Córrego Botas.

A Rua Francisco Pereira, que começa no Anache e se estende até o  prolongamento da Rua Marquês de Herval (o corredor do Nova Lima), atravessa vários conjuntos habitacionais  da região. A via será asfaltada no trecho ainda não pavimentado, após a Avenida Zulmira Borba.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também